GAY BLOG BR by SCRUFF

Empresária tailandesa e mulher trans, Anne Jakapong Jakrajutatip comprou a organizadora do concurso de beleza Miss Universo, por US$ 20 milhões, de acordo um comunicado feito pelo grupo de mídia que ela dirige.

Anne é a primeira mulher na direção no Miss Universo (Foto: JKN Global Group)

Anne é uma figura de destaque na televisão tailandesa e defensora dos direitos LGBTQIAP+. Ela se tornou a primeira mulher a assumir a direção do Miss Universo. Segundo a empresária, a negociação foi uma “forte e estratégica adição” ao portfólio da empresa.

A empresária dirige o grupo de mídia JKN Global e, além disso, é conhecida em seu país por apresentar a versão tailandesa do reality show “Project Runway“. Segundo a revista Forbes, a fortuna de Anne JKN é estimada em cerca US$ 170 milhões.

(Foto: Reprodução/ Instagram)

As negociações de compra com a ex-proprietária do concurso, a IMG, levaram um ano. Subsidiária da gigante de entretenimento norte-americana Endeavor, a IMG era a dona do concurso desde 2015, depois de comprá-lo do empresário e ex-presidente dos EUA Donald Trump, que tinha os direitos desde 1996.

Em uma publicação no Facebook, Anne agradeceu aos fãs do Miss Universo pelo amor e apoio. “Esperamos não apenas continuar o legado do concurso, fornecendo uma plataforma para pessoas apaixonadas de diversas origens, culturas e tradições, mas também evoluir a marca para a próxima geração”, disse ela em comunicado.

Anne dirige o grupo de mídia JKN Global (Foto: Reprodução)

O certame, criado há 71 anos e atualmente transmitido em 165 país, tem sua próxima edição marcada em Nova Orleans, nos EUA, em janeiro. A atual Miss Universo é a indiana Harnaaz Sandhu, que foi coroada em 13 de dezembro de 2021.

Na edição de 2022, a capixaba Mia Mamede será a representante do Brasil. Ao longo da história, só duas brasileira venceram o título de Miss Universo: Ieda Maria Vargas (Rio Grande do Sul), em 1963; e Marta Vasconcellos (Bahia), em 1968. A melhor colocação do país nos últimos anos, foi em 2020, com a gaúcha Julia Gama, que ficou em segundo lugar.

As três finalistas do Miss Universo 2021 (Foto: Menahem Kahana/ Getty Images)



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)