Airbnb revela quais são as cidades mais atraentes para o turismo LGBT+

São Paulo está entre elas! E, em homenagem ao mês do orgulho LGBTI+, o Airbnb irá fazer uma doação no valor de R$ 200 mil para a ONG 'Mães pela Diversidade'

O Airbnb encomendou um estudo que apontou as 100 cidades que recebem os maiores públicos nas paradas do Orgulho LGBTI+ em todo o mundo e descobriu quais delas se saíram melhor em cinco categorias, incluindo vida noturna e paquera.

Aqui estão as cidades vencedoras:

airbnb
Pride em NYC (2015). Foto: reprodução gothamist.com

Vencedora absoluta: Nova York

Quando se trata do pacote completo, Nova York surge como a vencedora geral no estudo do Airbnb. A Big Apple não só oferece uma das maiores edições da Parada, como também tem uma agitada vida noturna, um ambiente de paquera movimentado, um longo histórico de igualdade de direitos matrimoniais e estatísticas impressionantes do Airbnb: a cidade que desencadeou o movimento do Orgulho Gay após os tumultos de Stonewall vai receber mais 27.000 hóspedes do Airbnb durante a Pride Week.

As cidades que competiram nesta categoria, em ordem de classificação, são 2. Londres, 3. Madri, 4. São Francisco, 5. Paris, 6. Berlim, 7. Toronto, 8. Chicago, 9. Los Angeles e 10. Amsterdã.

Birmingham Gay Pride 2010. Foto: Peter Black
Birmingham Gay Pride 2010. Foto: Peter Black

Vencedora na categoria Paquera: Londres

Londres é tradicionalmente uma meca para os viajantes LGBTI+ e por isso não é surpresa que a cidade tenha liderado o ranking de paquera. Usando dados compartilhados com o Airbnb pelo Tinder em maio de 2018, a capital britânica se revelou a com maior uso per capita de perfis LGBTI+ no Tinder em todo o mundo.

As cidades que competiram nesta categoria, em ordem de classificação de uso do Tinder, são 2. Nova York, 3. Chicago, 4. Montreal, 5. Berlim, 6. Madri, 7. Los Angeles, 8. Paris, 9. Sydney e 10. São Francisco.

Calloway's Salon. Foto: reprodução TimeOut
Calloway’s Salon. Foto: reprodução TimeOut

Vencedora na categoria Vida Noturna: Nova York

Ao analisar a quantidade de clubes e bares LGBTI+, a cidade de Nova York é também um dos principais destinos na categoria Vida Noturna.

A cidade que nunca dorme é seguida de perto neste ranking por: 2. Los Angeles, 3. Tóquio, 4. Berlim, 5. Madrid, 6. Londres, 7. Cidade do México, 8. Paris, 9. São Francisco e 10. Barcelona.

Sense8 na Parada LGBT de SP. Foto: reprodução
Sense8 na Parada LGBT de SP. Foto: reprodução

Vencedora na categoria Parada do Orgulho LGBTI+: São Paulo

Em termos de números absolutos de participantes na Parada do Orgulho LGBTI+, a edição de São Paulo lidera o ranking nesta categoria. Aproximadamente 3 milhões de visitantes compareceram às comemorações de 2017.

Os outros classificados no ranking dessa categoria são: 2. Toronto, 3. Nova York, 4. Madri, 5. Londres, 6. São Francisco, 7. Chicago, 8. Colônia, 9. Houston e 10. Paris.

Info: http://www.iamsterdam.com/en/visiting/whats-on/amsterdam-gay-pride
Info: http://www.iamsterdam.com/en/visiting/whats-on/amsterdam-gay-pride

Vencedoras na categoria Igualdade de Direitos Matrimoniais: Amsterdã, Roterdã e Utrecht

Destinos que foram pioneiros na implementação de leis de igualdade matrimonial: na Holanda, o casamento entre pessoas do mesmo sexo foi legalizado em 2001, tornando-a assim o primeiro país do mundo a fazer isso. Isso coloca as cidades de Amsterdã, Roterdã e Utrecht juntas na primeira posição.

Os holandeses abriram o caminho, mas esses países e suas respectivas cidades seguiram de perto: 2. Bruxelas e Antuérpia, Bélgica (janeiro de 2003), 3. Toronto, Canadá (junho de 2003), 4. Vancouver, Canadá (julho de 2003), 5. Montreal, Canadá (março de 2004), 6. Boston, EUA (maio de 2004), 7. Calgary, Canadá (julho de 2005), 8. Madri, Barcelona, Valência, Sitges, Ibiza e Maspalomas, Espanha (julho de 2005), 9. Cidade do Cabo, Joanesburgo e Durban, África do Sul (novembro de 2006), 10. Oslo e Bergen, Noruega (janeiro de 2009).

Vencedora na categoria Turismo: Londres

 Nessa categoria, observamos as cidades que tiveram o maior crescimento ano a ano na chegada de visitantes do Airbnb durante a Parada do Orgulho LGBTI+. Identificamos também quais cidades têm o maior número de experiências de temática LGBTI+ no Airbnb e em quais delas você pode encontrar os Guias do Airbnb com a maior quantidade de dicas para viajantes LGBTI+. A cidade de topo neste ranking é Londres, seguida por 2. Los Angeles, 3. Nova York, 4. São Francisco, 5. Tóquio, 6. Paris, 7. Montreal, 8. Amsterdã, 9. Berlim e 10. Barcelona.

* Pesquisa realizada pela ABCD em maio de 2018. A ABCD analisou mais de 100 cidades para o estudo e empregou uma metodologia diferente para cada categoria. Confira as cidades participantes do estudo aqui e mais sobre a metodologia.

Anúncios