Justin, o que é isso aí no seu calção? 🤔

Que porra é essa no seu calção, Justin? 

DGUyt3KVYAEM4a3

bieb-goop

bieb-goop2

Será que escovou o dente e cuspiu fora da pia?

ALGUMAS POLÊMICAS DE JUSTIN

 

Em abril de 2013 a polícia sueca apreendeu o ônibus do cantor, realizando uma busca no ônibus e encontrando uma boa quantidade de drogas.

No mesmo mês ele abandonou o seu macaco de estimação nas ruas da Alemanha. A policia encontrou o animal que não tinha a documentação e um certificado de saúde. O primata foi colocado em quarentena pela polícia local e encaminhado para uma clínica veterinária em Munique. depois foi levado para um zoológico. Após quase um ano ele finalmente pagou uma multa de US$ 10,7 mil por abandonar seu macaco de estimação.

Em novembro de 2013 agride em fotográfo na Argentina, que processsou o cantor em 2 milhões de doláres, mas o caso ainda não foi encerrado. Ele ainda desrepeitou o pais verrendo a bandeira para fora do palco o que revoltou a população argentina.

Justin foi flagrado pela polícia de Los Angeles dirigindo um Caddilac preto e fazendo manobras radicais, juntamente com Sean Kingston, que dirigia um Rolls-Royce; o grupo foi advertido pela polícia. Bieber também teve problemas com o tribunal após Mariah Yeater, de 20 anos, acusar Justin de insinuações sexuais com si. Ela disse que quando tinha 19 anos teve relações sexuais com o cantor, e acusou-o de ser o pai de seu filho. Iniciou-se um processo sobre o caso. Ao programa Today, Bieber falou a respeito do incidente:

“ Eu apenas gostaria de dizer basicamente que nenhuma dessas alegações são verdadeiras. Eu sei que serei um alvo, mas nunca uma vítima. ”

Além de ser obrigado a pagar U$ 100 mil para instituições de caridade.

O cantor foi preso em 23 de janeiro de 2014 na cidade americana de Miami Beach, na Flórida, por dirigir embriagado e participar de um racha. o cantor resistiu à prisão quando foi abordado por autoridades por dirigir acima da velocidade permitida e gritou palavrões aos policiais. Além disso estava com a carteira de motorista vencida. Ele estava no comando de um veículo Lamborghini amarelo que trafegava com velocidade estimada entre 80 e 96 quilômetros por hora, aproximadamente, em uma área residencial onde a velocidade máxima permitida é de 48 quilômetros por hora, fez testes que determinaram que o nível de álcool em seu sangue estava alto e ele estava drogado. Após os exames, ele foi fichado, processado e preso.

Na noite do dia 29 de janeiro de 2014 Justin foi novamente preso, desta vez pela polícia de Toronto, no Canadá, acusado de agredir o motorista de sua limusine no último dia 30 de dezembro. Em um comunicado à imprensa a polícia local informou que o incidente ocorreu durante a madrugada, quando o motorista da limusine de Bieber buscou um grupo de seis pessoas, entre elas o cantor, em uma casa noturna do centro da cidade. Após buscar o grupo e levá-los a um hotel, iniciou-se uma briga entre Justin e o motorista. Durante a briga, ele feriu o motorista na cabeça e deixou o local antes da chegada da polícia.

O canadense foi investigado pela polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, por tentativa de roubo de um telefone celular de uma mulher, o incidente aconteceu em maio de 2014, quando ele se aproximou de uma mulher, que estava acompanhada de sua filha, e tentou tirar o celular do bolso dela.

Bieber foi declarado culpado pelo vandalismo contra a casa de seu vizinho em um condomínio nos Estados Unidos em julho de 2014, e foi condenado a ficar dois anos em liberdade condicional sob supervisão da justiça norte-americana. Neste caso, qualquer deslize do cantor pode ser um agravante e resultar em sua prisão. Além de ter pago uma multa de quase U$ 81 mil por prejuizos ao imóvel.

Em 29 de agosto de 2014, o cantor foi preso nas proximidades de Toronto, no Canadá, por condução perigosa e agressão, quando um veículo todo-o-terreno que conduzia chocou com um automóvel.

Em outubro de 2014 Justin volta a agredir fotógrafos desta vez em Paris, um deles o processou.

Já em abril de 2015 o juiz argentino Alberto Julio Banos emitiu um mandado de prisão contra o cantor Justin Bieber por ele não ter comparecido a uma audiência em Buenos Aires, capital da Argentina. Ele tinha o prazo máximo de 60 dias para Bieber ir ao país para a audiência judicial.

Em julho de 2017, foi proibido de atuar na China devido a “má conduta”.