GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

De 31 de março a 3 de abril, ocorre a terceira edição do RISCO Festival. Idealizado pela multiartista e curadora Natalia Mallo, a iniciativa ocupa diversos espaços da cidade de São Paulo com foco no risco artístico e na arte dissidente. 

Katú Mirim é um dos destaques do 3º RISCO Festival (Foto: Reprodução)

De acordo com a organização, o RISCO será uma oportunidade para as pessoas terem contato com produções artísticas ousadas, desafiadoras e inspiradoras. A programação é inteira gratuita, exceto pela festa no Studio SP e show de encerramento, que terá ingressos vendidos a preços populares.

Entre os destaques do festival estão a dupla argentina de performance Lolo y Lauti, que tem circulado pelos eventos mais importantes de artes visuais da América Latina e do mundo. A duo apresenta o filme “Carmen”, recriação da ópera de Bizet com elenco de mulheres trans e drag queens latinas. Além do filme, os artistas farão a performance “iSEXY”, em que discutem sexo, intimidade e realidade virtual.

Filme “Carmem” será apresentado na sexta-feira (03/04) (Foto: Reprodução)

O RISCO também realiza dois eventos internacionais com foco em arte queer, o 6º Encontro Internacional de Arte Queer, com artistas de diversos países, e o QUEER LAB curadoria, com foco na internacionalização de artistas dissidentes do Brasil. 

O público poderá participar ativamente da intervenção urbana a ser realizada no sábado (02/04), com ponto de encontro no Parque Augusta. Nesta ação, serão distribuídos pelo centro da cidade lambe-lambes com imagens produzidas pela estilista e ativista trans jamaicana Emani Edwards.

Nos shows musicais, Fifi Real, cantora argentina de Tango Queer, dividirá a noite com Marina Mathey. A festa oficial do festival, na sexta-feira (01/04), terá o show da Orquestra Brasileira de Música Jamaicana no Studio SP da rua Augusta. A noite de sábado (02/04) será embalada pela DJ Evelyn e pelo show Glitch do multiartista ALI. Outro destaque é a rapper indígena Katú Mirim, que se apresenta no fechamento do festival junto do bloco carnavalesco Explode Coração, que homenageia Maria Bethânia.

Já a programação online traz a rapper franco-chilena Ana Tijoux com conteúdo produzido especialmente para o festival e uma conversa com Katú Mirim, que também integra a programação presencial. “O RISCO é um festival de dissidência, de risco no sentido artístico – trazemos artistas que podem incomodar, mas que também exercem em sua arte uma relação com o prazer“, pontua Natalia Mallo.

Imagens produzidas por Emani Edwards serão distribuídas no sábado (02/04) (Foto: Reprodução)

Serviço

RISCO Festival 2022

  • De 31 de março a 3 de abril, de quinta a domingo

Locais

  • Oficina Cultural Oswald de Andrade (Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro, São Paulo)
  • Studio SP (Rua Augusta 591 – Consolação – São Paulo)
  • Parque Augusta (R. Augusta, 200 – Consolação, São Paulo)
  • Galeria540 (Rua Mourato coelho 540 – Vila Madalena – São Paulo)
  • Cervejaria Tarantino (R. Miguel Nelson Bechara, 316 – CEP 02712-130, Limão, São Paulo)

Programação completa em: www.riscofestival.me




This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)