GAY BLOG BR by SCRUFF

Na próxima semana, entre os dias 14 e 18 de dezembro, inicia a terceira edição do Festival Transforma. Realizado em Florianópolis, Santa Catarina, as exibições ocorrem na na Sala Gilberto Gerlach, no Centro Integrado de Cultura (CIC). Ao todo, foram 40 produções audiovisuais selecionadas.

Após uma minuciosa seleção, a organização do evento e sua equipe de curadoria técnica, anunciou a seleção de 40 produções, originárias de 10 estados brasileiros: Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Filme “Vento Seco”, de Daniel Nolasco, estará na Mostra de Longas Metragens (Foto: Reprodução)

Para Thomas Dadam, responsável pela programação, “a terceira edição da Transforma buscou através de sua curadoria retratar a diversidade e a pluralidade presentes no Brasil. Essas obras carregam consigo as particularidades do que é ser LGBTQIA+ num país de proporções continentais.

Thomas ainda acrescenta: “para nós, idealizadores e produtores do festival, essa é uma grande conquista, pois entendemos que o evento, hoje, é uma importante janela do cinema brasileiro, atingindo realizadores de norte a sul do país”.

O Festival Transforma é idealizado e organizado pela BAPHO Cultural e a Associação em Defesa dos Direitos Humanos com Enfoque na Sexualidade (ADEH). O projeto é  financiado pelo edital Prêmio Catarinense de Cinema (PCC/2019), do Governo do Estado de Santa Catarina. 

A mostra é gratuita e os participantes devem retirar seus ingressos com antecedência no site do festival: www.festivaltransforma.com.br.

Doumentário “Haus”, de Lucas Paixão, estará na Mostras Panorama (Foto: Reprodução)

Confira a programação

  • Terça-Feira (14/12), a partir das 21h

Mostra de Longas-metragens
– Transamazonia (Ficção)

  • Quarta-feira (15/12), a partir das 17h

Mostra 44 (Curtas-Metragens)
– Vênus – Filó a Fadinha Lésbica (Ficção: 6 minutos/ Classificação Indicativa – 16 anos)
– A Felicidade Delas (Ficção: 14 minutos/ Classificação Indicativa – 16 anos)
– Girls and Sex – I Feel Like Girls (Documentário: 14 minutos/ Classificação Indicativa- 12 anos)
– Temporal (Ficção: 8 minutos/ Classificação Indicativa – Livre)
– Minha História é Outra (Documentário: 22 minutos/ Classificação Indicativa – 14 anos)
– Colômbia (Ficção: 17 minutos/ Classificação Indicativa – 14 anos)

Mostra Panorama (Curtas-Metragens)
– Copacabana Madureira (Ficção: 18 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)
– Marco (Ficção: 20 minutos/ Classificação Indicativa – 10 anos)
– Vinde Como Estais (Documentário: 15 minutos/ Classificação Indicativa – Livre)
– Aquele Casal (Ficção: 20 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)
– Selma Depois da Chuva (Ficção: 12 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)

Mostra de Longas-metragens
– As Filhas do Fogo (Ficção)

“Colômbia”, de Manuela Andrade, é um dos curtas da Mostra 44 (Foto: Reprodução)
  • Quinta-feira (16/12), a partir das 17h

Mostra Novos Olhares (Curtas-Metragens)
– Haiku de um Poeta Morto (Ficção: 5 minutos/ Classificação Indicativa – Livre)
– Projeção Queer (Documentário: 11 minutos/ Classificação Indicativa – 18 anos)
– Papinha de Goiaba (Ficção: 15 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)
– profanaAÇÃO (Ficção: 25 minutos/ Classificação Indicativa – 14 anos)
– Aquele Infindável Mês de Agosto (Ficção/ 15 minutos/ Classificação Indicativa- 12 anos)
– Zara (Documentário: 25 minutos/ Classificação Indicativa –  Livre)

Mostra Panorama (Curtas-Metragens)
– Auto Falo (Ficção: 21 minutos/ Classificação Indicativa – 10 anos)
– Baunilha (Documentário: 13 minutos/ Classificação Indicativa – 16 anos)
– Hoje Eu Não Fico No Vestiário (Documentário: 12 minutos/ Classificação Indicativa- 14 anos)
– Estamos na Sarjeta, mas Alguns de Nós Olham as Estrelas (Ficção/ 20 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)
– Perifericu (Ficção: 20 minutos/ Classificação Indicativa – 14 anos)

Mostra de Longas-metragens
– Vento Seco (Ficção)

“Papinha de Goiaba”, Tiago Fonseca, está na Mostra Novos Olhares (Foto: Reprodução)
  • Sexta-feira (17/12), a partir das 17h

Mostra Cinema de Gênero (Curtas-Metragens)
– Batom Vermelho Sangue (Ficção: 20 minutos/ Classificação Indicativa – 16 anos)
– Alcatéia (Ficção: 17 minutos/ Classificação Indicativa – 14 anos)
– Primavera de Fernanda (Ficção: 20 minutos/ Classificação Indicativa – 10 anos)
– Ada (Ficção: 20 minutos/ Classificação Indicativa – Livre)
– Modelo Vivo, Modelo Morto (Ficção: 25 minutos/ Classificação Indicativa – 16 anos)

Mostra Panorama (Curtas-Metragens)
– Marie (Ficção: 25 minutos/ Classificação Indicativa – 10 anos)
– Homens Invisíveis (Documentários: 25 minutos/ Classificação Indicativa – Livre)
– Não Me Chame Assim (Ficção: 16 minutos/ Classificação Indicativa – 14 anos)
–  Haus (Documentário: 18 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)
– Apenas O Que Você Precisa Saber Sobre Mim (Ficção: 15 minutos/ Classificação Indicativa – 14 anos)

Mostra de Longas-metragens
– Limiar (Ficção)

  • Sábado (18/12), a partir das 17h

Mostra Precursores
– Homens Pink (Documentário: 52 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)
– Ruth (Documentário: 15 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)
– As Rendas de Dinho (Documentário: 25 minutos/ Classificação Indicativa – 12 anos)

Cartaz (Foto: Divulgação)

 




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

1 COMENTÁRIO