GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

Até o dia 25 de março, a mostra Curta Woofs, promovida pelo app SCRUFF, disponibiliza gratuitamente oito produções brasileiras com temática LGBT+. Com curadoria de André Fischer, fundador do Festival MixBrasil e responsável pelo Centro Cultural da Diversidade, os temas explorados nas obras mesclam sexualidade, linguagens estéticas e grupos. Cada um dos curtas foi produzido em diferentes estados do Brasil e apresenta diferentes aspectos do cotidiano do homem gay brasileiro.

O curta-metragem “Alano” (2018), de Henrique Oliveira e Silvio Leal, traz a história de Miguel, cineasta gay de classe média que resolve se divertir em um bar. Lá ele encontra Alano, interpretado por Erom Cordeiro, que percebeu que poderia tirar proveito de sua aparência para ganhar dinheiro com a prostituição. Deste encontro emergem desejos e frustrações, pois a busca de Alano por prazer contrapõe-se à procura de Miguel por companhia. Dentro deste contexto, o filme surge como uma história de desencontros onde os personagens metaforizam os contrastes sociais que paradoxalmente unem-se nas possibilidades que a noite oferece. Na narrativa, o desejo assume o papel central para realçar as desigualdades e suas inevitáveis consequências, como a solidão.

Para assistir ao filme na íntegra e gratuitamente, basta entrar no app SCRUFF e ir para “Eventos” na aba “Explorar”.

Erom Cordeiro interpreta um garoto de programa em "Alano" - Divulgação
Erom Cordeiro interpreta um garoto de programa em “Alano” – Divulgação

SERVIÇO

CURTA WOOFS @ SCRUFF
“Alano” (2018) Brasil – 23′
Até 25 de março
Grátis
No app SCRUFF – em“Eventos” na aba “Explorar”.

Erom Cordeiro como Alano – Divulgação

FICHA TÉCNICA
Direção: Sílvio Leal e Henrique Oliveira
Roteiro: Sílvio Leal com Consultoria Técnica de Allan Ribeiro
Elenco: Erom Cordeiro, Sílvio Leal, Magdale Alves, Wagner Volpone, Otávio Cabral, Lorena Barbosa, Tamylka Viana, Nego Love e Joelle Malta.
Figuração: Adolfo Morais, Luiza Leal, Acássia Dêlie, Edinir Aprígio, Pan Plata, Erasmo Bandeira, Maria Clara Araújo, Leonardo Amaral e Polly Lins.
Assistente de direção: Laís Lira
Continuísta: Vanessa Mota
Direção de Fotografia: Henrique Oliveira
Operação de Câmera: Antony Graber, Henrique Oliveira
1º assistente de câmera: Felipe Graber
2º assistente de câmera: Alan dos Anjos, Gaffer, Edner “Careca”
Eletricistas: Moab Oliveira, Raoni Barros, Alan dos Anjos
Making of: Isaías Maximiano, Leopoldo Castro, Hugo Antunes
Fotografia de Still: Gabriel Moreira, Jacqueline Oliveira
Direção de Arte e Figurino: Lyara Cavalcanti
Assistente de Arte e Figurino: Lucas Cardoso
Cenotécnica: Nathaly Pereira
Técnico de Som Direto: Emmanuel Miranda
Assistente de Som Direto: Luiz Paulo
Produção Executiva: Felipe Guimarães
Direção de Produção: Karenina Magalhães
Assistente de Produção: Antônio Ugá
Maquiadora e cabeleireira: Josete Leandro
Mixagem e Masterização: Emmanuel Miranda
Trilha Sonora Original: Wado
Montagem e Colorização: Henrique Oliveira
Preparação de elenco: Henrique Oliveira, Laís Lira
Preparação Vocal: Gabriela Sóstenes

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF possui mais de 15 milhões de usuários no mundo todo. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os LGBTs que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. Baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

8 COMENTÁRIOS