GAY BLOG BR by SCRUFF

O Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães (Mamam), localizado em Recife, na Rua da Aurora, foi cenário para o curta intitulado “Eu não quero um filho gay”, que será lançado meia-noite de domingo para a segunda-feira (28/07) e faz parte do “Festival Sou Assim“. A iniciativa será exibida pela TV7Brasil no YouTube.

O filme, baseado em uma história real, conta a história de um jovem que “sai do armário” em uma rede social como forma de desabafar o preconceito sofrido pela sua família. Em seguida, ele é encontrado morto em seu quarto. A polícia descreveu o caso como suicídio.

De acordo com o Grupo Gay da Bahia (GGB), em 2018 houve um aumento de 284% nos casos de suicídio na comunidade LGBTQIA+. A depressão é a quarta principal causa de morte no Brasil entre esses jovens de 15 a 29 anos, segundo dados do Ministério da Saúde.

De acordo com informações da revista científica “Pediatrics” (EUA), a comunidade LGBTQIA+ tem seis vezes mais chance de interromper a vida, principalmente quando convivem em ambientes hostis à orientação sexual ou identidade de gênero.

O curta conta no elenco com a transex Rayssa Carraro, o bailarino Alex Carvalho e uma participação especial da atriz trans veterana dos palcos de Pernambuco Raquel Simpson. “Tudo é muito forte e traz a tragédia, mas em meio a dança, dublagem e uma interpretação inigualável dos atores. Será emocionante”, conta o diretor e produtor do curta Marcone Felix.

Festival de Pernambuco reúne debates e filmes LGBTs da região
Divulgação

A programação começa na sexta-feira (25/07), às 21h com o programa “Pajubá Drag” sob o comando das drag queen Alexia Tarantino, Norman Bancks e Mílicent.

No sábado (26), 21h, é a vez do programa “Pajubá Gay” sob o comando do sociólogo Acioli Neto, que receberá o jornalista do portal IG e correspondente do jornal Estado de São Paulo Pedro Jordão; O militante Thiago Rocha; o sociólogo Rildo Veras, além da participação especial de Sivon Carvalho.

Domingo (27), às 13h,o festival terá Tory Mílicent fazendo uma entrevista com a transex Raysa Carraro e o bailarino Alex Carvalho, no Mamam, para comentar sobre o curta “Eu não quero um filho gay”. Às 19h, haverá o programa “Pajubá Trans”, com participarão das trans Marquesa Santos, Madonna Twins e Laleska Maria Lima.

No domingo, a partir das 21h, será exibido o filme “Travessia” do cineasta Chico Amorim, estrelado por Risolene Lima, Bruno de Lavor e Aurélio Lima. Este é uma história dedicada a todos os LGBTQIA+ que morreram vítimas de homofobia no sertão nordestino.

Para encerrar o festival, às 22h30, será a vez das Beshas do Kinet, Rita Pavone, Ágda Monteiro e Michelle de Afogados, contando histórias engraçadas.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"

1 COMENTÁRIO