GAY BLOG BR by SCRUFF

Grande dia para a MPB: o pagode LGBT+ de João Rosa encontra o pocnejo de Gabeu nesta sexta-feira, 9 de abril. O single “Tô Torcendo Pra Ser Dengue”, que estreia com videoclipe, faz parte de um projeto de quatro músicas que teve como primeiro lançamento o hit  “Amar Sem Sentir Culpa”.

Aprecie:

Segundo o campo-grandense João Rosa, 24, a proposta de “Tô torcendo pra ser dengue” é retratar a sua vivência no mundo LGBT+ de forma mais descontraída. Poc e pagodeiro, João Rosa compõe suas as próprias músicas. Para ele, reunir a vivência de um LGBT+ nas letras de pagode e samba trata-se de expressar sua identidade.

“Eu me sinto mais confortável em desenvolver meu trabalho dentro desse universo, porque acho que o samba e o pagode são os estilos que eu mais escuto e tenho mais referência. No entanto, como a nossa vivência é pouco abordada, isso abre espaço para as LGBTs que, como eu, sempre amaram o estilo, mas não se sentiam representadas nas letras das canções. O relacionamento LGBT é como qualquer outro: tem desentendimentos, inseguranças, carinho e amor. E a ideia é justamente abordar essas questões nas minhas músicas, mostrando as dores e as delícias de ser LGBT+ de diferentes formas”, aponta o cantor.

Para o lançamento, João convidou Gabriel Felizardo, o Gabeu, filho do renomado sertanejo Solimões, dono dos hits “Amor Rural” e “Sugar Daddy”, que somam 2 milhões de views no Youtube. Gabeu, que também é organizador do Fivela Fest, festival sertanejo voltado ao público LGBT, foi o ganhador pelo voto popular na categoria “Músico Poc do Ano” do Poc Awards 2020.

Gabeu e João Rosa - Divulgação pocnejo dengue
Gabeu e João Rosa – Divulgação

A COR É ROSA

O talento musical de Rosa vem de família, afinal, o cantor é irmão do Karan Cavallero, um dos integrantes da banda Atitude 67, do grande sucesso “Cerveja de Garrafa”. João, que aprendeu a tocar cavaquinho aos 14 anos, conta que desde cedo já respirava música, com os ensaios que aconteciam na garagem de sua casa. Com 16 anos já se apresentava nas casas de shows de sua cidade, Campo Grande. Sua carreira no Mato Grosso do Sul foi interrompida após se mudar para São Paulo, onde estudou Ciências Sociais e onde, hoje, faz mestrado em sociologia.

O retorno ao cenário musical surgiu no fim de 2019, quando o artista integrou uma roda de samba aberta e inclusiva voltado às LGBTs. Com a quarentena, ele retornou à sua cidade natal, onde teve a ideia de apostar na carreira artística.

Seus primeiros singles “Amar Sem Sentir Culpa” e “Tô Correndo de Briga”, somados, já contam com mais de 50 mil streams no Spotify e mais de 30 mil visualizações no Youtube. Ambos exaltam a diversidade, trazendo o afeto LGBT, suas dores e sua vivência. ‘Poc pagodeira’, como se define nas redes sociais, João Rosa divulga seu trabalho e também canta músicas do universo LGBT em ritmo de pagode.

Recentemente, João Rosa concedeu uma entrevista exclusiva para o GAY BLOG BR, confira neste link.

Gabeu e João Rosa - Divulgação
Gabeu e João Rosa – Divulgação

Tô Torcendo Pra Ser Dengue
(João Rosa)

Eu sempre fui quietinho
Só ficava no meu canto
Quando você chegou
Jogou a lábia do malandro

Foi todo envolvente
Bagunçou a minha vida
Agora vê se pode
Eu tô tendo taquicardia

Fui te conhecer
Foi um match doido
Até tentei correr
Mas cê meteu o louco

E eu que sempre fui
Meio desapegado
Tô tendo um teto preto
Por um moço tão danado

O Doutora!
Tô com um sintoma indecente
Me deu um baita suador
E um friozinho na barriga
Totalmente diferente

Eu tô com medo desse rolo
Já não sei mais o que se sente
Pode ser que seja amor
Mas sinceramente
Eu tô torcendo pra ser dengue

FICHA TÉCNICA

Composição: João Rosa @joaorosamusica
Intérpretes: João Rosa e Gabeu @eugabeu
Direção: Willy Lugon @bigchacal
Produção Musical, Arranjos, Mixagem e Masterização: Fábio Adames
E Victão Winkler (Estúdio O2) @fabioadames @victaobass
Maquiagem: Beatriz Ribeiro @bezribeiro
Artista Plástica Convidada: Alice Hellmann @alicehellmann
Agradecimento: Cazeco @cazecosp

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

1 COMENTÁRIO