GAY BLOG BR by SCRUFF
Filmes como Filadélfia, Clube de Compras em Dallas e Cazuza se tornaram conhecidos do grande público devido ao sucesso e repercussão na época de seu lançamento. Sendo assim, o GAY BLOG BR selecionou algumas obras cinematográficas sobre a temática HIV que poucas pessoas conhecem, mas que vale a pena assistir:
.

AIDS Aconteceu Comigo (1985)

.
Foi um dos primeiros filmes sobre a AIDS feito para TV (NBC) em uma época em que pouco se sabia sobre a doença e não havia nenhum tratamento. A obra rendeu uma ótima audiência, muito em função também da morte recente do galã de Hollywood Rock Hudson, que havia falecido dias antes. O filme recebeu um Globo de Ouro e quatro prêmios Emmys. Apesar do sucesso, a emissora NBC perdeu uma soma alta, pois os anunciantes se recusaram a exibir suas marcas devido ao tema.
.
divulgação
An Early Frost Reprodução

Meu nome é Jacque (2016)

.
Jaqueline Rocha Côrtes, é uma mulher trans soropositiva e, no passado, foi representante do governo brasileiro na Organização das Nações Unidas no que se refere a temas relacionados ao HIV. O documentário revela sua história  em diferentes momentos, desde quando se descobriu trans, o diagnóstico de HIV, adoção e relacionamento afetivo. Um documentário que aborda, sobretudo, superação diante das adversidades da vida. 
.
Meu nome é Jacque – Reprodução

Meu Querido Companheiro (1990)

.
Dentre todas as obras citadas, esta pode ser considerada a mais conhecido da lista. Exibido algumas vezes na Band ainda nos anos noventa, mostra um grupo de amigos gays e a descoberta do HIV entre eles. Sentimentos como medo e compaixão norteiam o grupo diante das incertezas acerca da doença e quais deles estariam vivendo com o HIV durante uma época carente de informações. O elenco de peso, é composto por atores heterossexuais. Antes de Filadélfia, Meu Querido Companheiro serviu como referência
em se tratando do tema.
.
foto
Longtime Companion Reprodução

Jeffrey – De Caso com a Vida (1995)

.
Pouco conhecido do público, Jeffrey é uma comédia romântica que trata o tema HIV de forma mais leve, do que os outros filmes que levaram para o drama. O personagem título decide viver em “celibato sexual” por receio da epidemia (lembrando que o filme é de meados da década de noventa). Entretanto, Jeffrey se apaixona por um rapaz bonitão que é soropositivo, fazendo ele repensar a respeito de suas escolhas. Não é um filme fácil de ser encontrado, pois passou despercebido no Brasil e é um dos raros filmes (talvez o único) que discutiu a questão do HIV de forma leve e bem humorada. 
.
Quatro filmes sobre HIV para assistir no Dia Mundial de Combate a AIDS
Reprodução
foto Jeffrey - Reprodução
Jeffrey – Reprodução

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.