GAY BLOG BR by SCRUFF
Filmes como Filadélfia, Clube de Compras em Dallas e Cazuza se tornaram conhecidos do grande público devido ao sucesso e repercussão na época de seu lançamento. Sendo assim, o GAY BLOG BR selecionou algumas obras cinematográficas sobre a temática HIV que poucas pessoas conhecem, mas que vale a pena assistir:
.

AIDS Aconteceu Comigo (1985)

.
Foi um dos primeiros filmes sobre a AIDS feito para TV (NBC) em uma época em que pouco se sabia sobre a doença e não havia nenhum tratamento. A obra rendeu uma ótima audiência, muito em função também da morte recente do galã de Hollywood Rock Hudson, que havia falecido dias antes. O filme recebeu um Globo de Ouro e quatro prêmios Emmys. Apesar do sucesso, a emissora NBC perdeu uma soma alta, pois os anunciantes se recusaram a exibir suas marcas devido ao tema.
.
divulgação
An Early Frost Reprodução

Meu nome é Jacque (2016)

.
Jaqueline Rocha Côrtes, é uma mulher trans soropositiva e, no passado, foi representante do governo brasileiro na Organização das Nações Unidas no que se refere a temas relacionados ao HIV. O documentário revela sua história  em diferentes momentos, desde quando se descobriu trans, o diagnóstico de HIV, adoção e relacionamento afetivo. Um documentário que aborda, sobretudo, superação diante das adversidades da vida. 
.
Meu nome é Jacque – Reprodução

Meu Querido Companheiro (1990)

.
Dentre todas as obras citadas, esta pode ser considerada a mais conhecido da lista. Exibido algumas vezes na Band ainda nos anos noventa, mostra um grupo de amigos gays e a descoberta do HIV entre eles. Sentimentos como medo e compaixão norteiam o grupo diante das incertezas acerca da doença e quais deles estariam vivendo com o HIV durante uma época carente de informações. O elenco de peso, é composto por atores heterossexuais. Antes de Filadélfia, Meu Querido Companheiro serviu como referência
em se tratando do tema.
.
foto
Longtime Companion Reprodução

Jeffrey – De Caso com a Vida (1995)

.
Pouco conhecido do público, Jeffrey é uma comédia romântica que trata o tema HIV de forma mais leve, do que os outros filmes que levaram para o drama. O personagem título decide viver em “celibato sexual” por receio da epidemia (lembrando que o filme é de meados da década de noventa). Entretanto, Jeffrey se apaixona por um rapaz bonitão que é soropositivo, fazendo ele repensar a respeito de suas escolhas. Não é um filme fácil de ser encontrado, pois passou despercebido no Brasil e é um dos raros filmes (talvez o único) que discutiu a questão do HIV de forma leve e bem humorada. 
.
Quatro filmes sobre HIV para assistir no Dia Mundial de Combate a AIDS
Reprodução
foto Jeffrey - Reprodução
Jeffrey – Reprodução

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.