Theatro Municipal de SP apresenta programação gratuita em junho

Happy Hour às segundas-feiras no saguão e Quartas Musicais no Salão Nobre, sempre às 18h

Toda segunda-feira de junho, no Theatro Municipal de São Paulo, está garantida uma apresentação diferente e gratuita, às 18h, no saguão. E, nos dias 6 e 20, tem concerto das Quartas Musicais, também às 18h, mas no salão nobre.

Happy Hour às segundas-feiras no saguão e Quartas Musicais no Salão Nobre, sempre às 18h
Happy Hour às segundas-feiras no saguão e Quartas Musicais no Salão Nobre, sempre às 18h Foto: Reprodução

Matheus Fernandes no violino, Eder Assunção na viola e Richard Gonçalves no violoncelo formam o trio de cordas que, acompanhado da flautista Larissa Assunção, executa Quarteto nº1 em Ré maior, K.285, de W. A. Mozart em 4 de junho, no Happy Hour.  O grupo é composto por integrantes da Orquestra Experimental de Repertório (OER).

Dois recitais serão apresentados nas segundas-feiras 11 e 18 de junho respectivamente. O primeiro recital será executado por Renato Cardoso Ferreira. O integrante da OER, toca a Suíte nº 1 para Violoncelo, de J. S. Bach, uma das obras mais populares para instrumento solo do compositor alemão. No segundo concerto, os pianistas Caio Guimarães e Lucas Nogara enchem o saguão do Theatro Municipal com Fantasia em Do menor, de W. A. Mozart, Noturno em Si bemol menor Op. 9 nº 1 ePolonaises Op. 26, de F. Chopin,  Scherzo Valsa – 10 Pièces Pittoresques, de E. Chabrier,  Ma mère l’Oye, de M. Ravel e, para encerrar,  Petite Suite, de C. Debussy.

Dia 25, o Coro Adulto da Escola Municipal de Música sob a regência de Maíra Ferreira e acompanhado dos pianistas Miriam Braga e Juliano Kerber, interpretam “He Watching Over Israel”, de Oratório Elias, Op. 70, de F. Mendelssohn, Cancioneiro de Lampião, de M. Nobre Neue Liebeslieder Waltzes, Op. 65, de J. Brahms, Sure on This Shining Night, de S. Barber e Suíte Nordestina, de R. Miranda, dentro da programação do Happy Hour.

Quartas Musicais

Dentro da programação das Quartas Musicais, em 6 de abril, o Samuel Pompeo Quinteto, composto pelo saxofonista Samuel Pompeo, guitarrista Dino Barioni, pianista João Bueno, contrabaixista Gibson Freitas, baterista Paulinho Vicente, apresentam Água na Chaleira, composta por Barioni e Cave du 38 RivJaneiro 15 e Rio Acima, por Pompeo, além de Choro Vermelho, de Daniel Grajew e Apanhei-te Cavaquinho, de Ernesto Nazareth.

Em 20 de junho, músicos da OER e cantores do Opera Studio e do Coro Adulto da Escola Municipal de Música apresentam trechos de O Elixir do Amor, ópera de Gaetano Donizetti com libreto de Felice Romani. Na história da peça, Nemorino apaixonado pela jovem Adina, se desespera ao perceber que ela está interessada pelo recém-chegado sargento Belcore. Desesperado, acaba acreditando na conversa do Dr. Dulcamara, que diz possuir um elixir capaz de curar os males de amor.

A Escola Municipal de Música, a Orquestra Experimental de Repertório e a Escola de Dança de São Paulo fazem parte da Diretoria de Formação da Fundação Theatro Municipal.

Diretoria de Formação

Todas essas séries são organizadas pela Diretoria de Formação da Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Criada a partir da instauração da própria Fundação, a Diretoria de Formação é atualmente dirigida pelo Maestro Sergio Chnee e tem como objetivo articular e promover a interação das atividades artístico-pedagógicas e administrativas dos setores que a compõem: a Escola Municipal de Música, a Escola de Dança de São Paulo e a Orquestra Experimental de Repertório.

A Diretoria de Formação também trabalha de forma constante em prol do estabelecimento de intercâmbio de suas escolas, grupos e alunos, com as atividades artísticas profissionais no Theatro Municipal de São Paulo, além de outras instituições educacionais e culturais, por meio da participação dos grupos artísticos em apresentações, produções, ensaios e masterclasses.

Escola Municipal de Música de São Paulo

Uma das mais renomadas instituições de ensino musical da América Latina, a Escola Municipal de Música de São Paulo é responsável pela formação de diversas gerações de músicos em atividade profissional no Brasil e em outras partes do mundo. Fundada em 1969 pelo maestro e compositor Olivier Toni, desde o início de 2013, passou a integrar a Fundação Theatro Municipal de São Paulo. Atualmente é dirigida pelo professor e compositor Antonio Ribeiro.

Todos os cursos oferecidos pela Escola Municipal de Música de São Paulo são gratuitos e ocorrem na Praça das Artes, centro da capital paulista.

Orquestra Experimental de Repertório

A Orquestra Experimental de Repertório (OER) foi criada em 1990 a partir de um projeto do Maestro Jamil Maluf, e oficializada pela Lei 11.227, de 1992.

A OER tem por objetivos a formação de profissionais de orquestra da mais alta qualidade, a difusão de um repertório abrangente e diversificado, que mostre o extenso alcance da arte sinfônica, bem como a formação de plateias. Suas várias séries de concertos com renomadas estrelas da música erudita e popular, bem como suas montagens de óperas, balés e gravações para TV, compõem uma programação que, há vários anos, vem conquistando público e crítica. Entre os vários prêmios que recebeu está o Prêmio Carlos Gomes, como destaque de música erudita.

De 2014 a 2016 a OER foi dirigida pelo Maestro Carlos Moreno, voltando a ter o Maestro Jamil Maluf como seu Regente Titular a partir de 2017, com o Maestro Thiago Tavares, como Regente Associado.

Sobre o Instituto Odeon: O Instituto Odeon é o novo gestor do Theatro Municipal de São Paulo. Com mais de 20 anos de atuação na área da cultura, o Instituto se destaca pela gestão do Museu de Arte do Rio – MAR, no Rio de Janeiro, além de consultorias ao Governo do Pernambuco e Prefeitura de Porto Alegre, produção de espetáculos de teatro e idealização e gestão de diversos projetos socioculturais. A instituição assumiu em 1º de setembro a gestão do corpo artístico formado pela Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Coro Lírico Municipal de São Paulo, Balé da Cidade de São Paulo, Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, Coral Paulistano Mário de Andrade e Orquestra Experimental de Repertório e dos espaços Theatro Municipal, Central Técnica do Theatro Municipal e Praça das Artes.

Serviço

Happy Hour no Theatro Municipal

Programa:

Trio de Cordas e Flauta Transversal

Quarteto nº1 em D maior, K.285 | W. A. Mozart

  1. Allegro
  2. Adagio
  3. Rondo

Larissa Assunção – flauta

Matheus Fernandes – violino

Eder Assunção – viola

Richard Gonçalves – violoncelo

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Saguão

Data: Segunda-feira, 4/6, 18h.

 

Programa:

Recital de Violoncelo

Suíte nº 1 para Violoncelo, BWV 1007 | J. S. Bach

Renato Cardoso Ferreira – violoncelo

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Saguão

Data: Segunda-feira, 11/6, 18h.

 

Programa:

Recital de Piano

Fantasia em C menor, K475 | W. A. Mozart

Noturno em B bemol menor Op. 09 nº 01 | F. Chopin

Polonaises Op. 26 | F. Chopin

Scherzo Valsa | E. Chabrier

Ma mère l’Oye | M. Ravel

Petite Suite | C. Debussy

Caio Guimarães – piano

Lucas Nogara – pianista convidado

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Saguão

Data: Segunda-feira, 18/6, 18h.

 

Programa:

Coro Adulto da Escola Municipal de Música

“He Watching Over Israel” do Oratorio Elias, Op. 70 | F. Mendelssohn

Cancioneiro de Lampião| M. Nobre

  1. Muié Rendêra
  2. É lamp´, é lamp´, é lampa
  3. Cantigas de Lampião

Neue Liebeslieder Waltzes, Op. 65 | J. Brahms

  1. Vom Gebirge Well auf Well
  2. Schwarzer Wald

Sure on This Shining Night | S. Barber

Suite Nordestina | R. Miranda

  1. Morena Bonita
  2. Dendê trapiá
  3. Bumba chora
  4. Eu vou, eu vou

Maíra Ferreira – regente

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Saguão

Data: Segunda-feira, 25/6, 18h.

Quartas Musicais no Theatro Municipal

Programa:

Samuel Pompeo Quinteto

Água na Chaleira | D. Barioni

Cave du 38 Riv | S. Pompeo

Janeiro 15 | S. Pompeo

Rio Acima| S. Pompeo

Choro Vermelho | D. Grajew

Apanhei-te Cavaquinho| E. Nazareth

Samuel Pompeo – saxofone

Dino Barioni – guitarra

João Bueno – piano

Gibson Freitas – contrabaixo

Paulinho Vicente – bateria

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Salão Nobre

Data: Quarta-feira, 6/6, 18h.

Programa:

O Elixir do Amor – trechos da ópera de G. Donizetti com libreto de F. Romani

Camerata da Orquestra Experimental de Repertório

Opera Studio

Coro Adulto da Escola Municipal de Música

Gabriel Rhein-Schirato – direção musical e regência

Márcio Gomes – assistente de direção musical

Maíra Ferreira – regente do coro

Keila Bueno – produção cênica

Karen Stephanie – Adina

Micael Coutinho – Nemorimo

Eduardo Fujita – Belecore

Vinicius Costa – Dulcamara

Mariana Álamos – Gianetta

Catarina Taira e Laiana Oliveira – Narração

Local: Theatro Municipal de São Paulo – Salão Nobre

Data: Quarta-feira, 20/6, 18h.

Anúncios