This article is also available in: Español

GAY BLOG BR by SCRUFF

A Noruega expandiu suas leis de “discurso de ódio”, que podem condenar pessoas a um ano de prisão por comentários privados, para incluir pessoas que se identificam como “transgêneros”, informa o site LifeStyle.

Anteriormente, o código proibia “discurso de ódio” com base em cor da pele ou origem nacional ou étnica, religião ou crença, orientação homossexual e deficiência.

As emendas mudaram “orientação homossexual” para “orientação sexual” e acrescentaram “gênero, identidade ou expressão de gênero” à lista de atributos protegidos.

Aqueles que violarem a lei podem pegar até um ano de prisão por “observações discriminatórias” feitas em particular e até três anos por comentários públicos.

Ao explicar o motivo das alterações, Monica Maeland, ministra da justiça e segurança pública da Noruega, disse à agência Reuters: “É imperativo que a proteção contra a discriminação oferecida pela legislação penal seja adaptada às situações práticas que surgem”, observando que indivíduos transgêneros são “um grupo exposto quando se trata de discriminação, assédio e violência”.

Reprodução

Um quarto das pessoas foram vítimas de discursos de ódio

Em sua análise da “situação dos direitos humanos de lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexuais” na Noruega, o grupo ativista LGBT Rainbow Europe afirma que um quarto das pessoas LGBT foram vítimas de discurso de ódio no ano passado, e que “15 por cento das pessoas LGBT receberam ameaças pessoalmente durante o mesmo período, em comparação com 4 por cento na população em geral. “

A Noruega tem algumas das leis mais liberais que apoiam o gênero confuso e está em quinto lugar em suas políticas pela Rainbow Europe. Crianças a partir de 7 anos têm o direito de mudar sua identidade sexual em documentos legais sem um diagnóstico médico ou psicológico de transtorno de identidade de gênero, e não há nenhuma exigência para que aqueles que se identificam como membros do sexo oposto se submetam a qualquer tratamento para alterar a aparência.

This article is also available in: Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.