GAY BLOG BR by SCRUFF

Este artigo também está disponível em: English Español

Nesta terça-feira (4), Israel passou a permitir que casais homossexuais e homens solteiros possam ter filhos através  de barrigas de aluguel. As informações são do portal G1.

Até então, a legislação do país proibia que pessoas que se enquadravam nessas condições tivessem filhos por meio de barrigas de aluguel.  Entretanto, a Suprema Corte decidiu que essas restrições deveriam acabar.

(Foto: Reprodução)

O ministro de Saúde, Nitzan Horowitz, afirmou que esse é um dia histórico para a luta da comunidade LGBTQIA+ em Israel. Devido a proibição, era comum que casais homossexuais que desejassem ter filhos por barriga de aluguel em Israel viajassem para outros países.

De acordo com a reportagem do G1, essa era uma demanda antiga da comunidade LGBTQIA+ de Israel, já que somente casais heterossexuais e mulheres solteiras podiam recorrer à gravidez por barriga de aluguel.

Em julho de 2021, a Suprema Corte israelense recebeu um processo que havia sido protocolado por ativistas LGBTQIA+ do país. Os ministros consideraram que a proibição violava os direitos de casais homossexuais e homens solteiros e que a regra deveria mudar em seis meses.

Desse modo, a nova lei passa a vigorar a partir desta terça-feira (4) em Israel. Agora, além de casais heterossexuais e mulheres solteiras, casais homossexuais e homens solteiros também podem gerar filhos através da barriga de aluguel.




Únete a nuestra comunidad de más de 15 millones de chicos

Encuentra exactamente los chicos que te gustan usando los filtros de búsqueda poderosos de SCRUFF. Hazte Embajador SCRUFF Venture para ayudar a los miembros que vienen de visita a tu ciudad. Busca una agenda actualizada de los mejores festivales, fiestas, orgullos y eventos gay. Aumenta tus posibilidades con SCRUFF Pro y desbloquea más de 30 funciones avanzadas. Baja la app SCRUFF aquí.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)