GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: Español

Criada há 30 anos, a Belta (Associação das Agências Brasileiras de Intercâmbio) visa promover a educação internacional no país oferecendo programas de diversos destinos. Sem fins lucrativos, a organização tem como foco certificar com o “Selo Belta” agências confiáveis no setor por meio de um processo de análise financeira, técnica e idoneidade das agências.

Ao pensar em opções de destino do intercâmbio, é comum para estudantes LGBTs buscarem por lugares mais “amigáveis” e que já tenham políticas de enfrentamento ao preconceito, conta a empresa.

“Sempre que uma pessoa procura por programa de intercâmbio em uma agência com Selo Belta, é indicado a países que dão ‘match’ com o perfil e personalidade do intercambista, desde tempo de curso, clima de agrado, formato com trabalho ou somente estudos, e por aí vai. Dentro desse contexto, se uma pessoa busca por um país por ser LGBTQIA+, é nosso dever listar e falar da cultura e funcionamento social do destino querido. E isso é tão sério quanto qualquer outra informação do programa de intercâmbio”, explica Alexandre Argenta, presidente da Belta – Associação de Agências de Intercâmbio do Brasil.

5 países amigáveis à causa LGBTQIA+ para fazer intercâmbio
Foto: Reprodução / VisitBritain

5 países mais amigáveis com a causa LGBTQIA+

Tendo como referência o Spartacus International Gay Guide, a agência recomenda os seguintes países:

REINO UNIDO
O país possui uma lei que encoraja juízes a dar uma sentença mais pesada em casos de agressão em que a orientação sexual da vítima é motivada. Além do mais, a polícia treina oficiais para identificarem esses ataques, segundo um levantamento sobre direitos humanos realizado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos, em 2011. Para mais informações sobre viagens e intercâmbio no UK, o Visit Britain e o British Council estarão nesta quinta-feira, 16 de junho, com um stand na 20ª Feira Cultural da Diversidade da Parada LGBT+ de São Paulo, no Largo do Arouche, a partir das 10h. Acesse também: www.visitbritain.com/loveisgreat.

CANADÁ
Segundo o ranking de 2020, criado pelo Spartacus International Gay Guide que, anualmente, lista os países mais receptivos aos LGBT+, o Canadá foi o número um, contendo leis antidiscriminação, legalização de união conjugal, permissão para adoção, reconhecimento dos direitos trans, marketing LGBT — além de não ter, no geral, nenhum dos aspectos negativos, como restrições de viagens aos soropositivos, influência religiosa, intolerância e outros.

NOVA ZELÂNDIA
O país proíbe chamadas terapêuticas de conversão sexual. A nova lei criminaliza procedimentos que buscam alterar a orientação sexual, expressão ou identidade de membros da comunidade. Além disso, Além disso, homossexuais ocupam 9% dos 120 assentos do parlamento, de acordo com o site americano Advocate.

ESPANHA
A lei local espanhola proíbe a discriminação baseada em raça, gênero, incapacidade ou posição social e o governo geralmente cumpre. O país permite o casamento gay e a adoção conjunta, fazendo com que a Espanha um dos principais países do continente que mais respeitam os direitos humanos LGBT+.

MALTA
O país é considerado o mais LGBT+ friendly na Europa, segundo uma lista divulgada pela Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Intersexuais (Ilga). O país também aprovou a lei do casamento homoafetivo, além de legislações de combate a LGBTfobia, punindo com prisão os médicos e profissionais de saúde que submetem pacientes a terapias de cura gay.

Leia também:

Artista inglesa Annabel McCourt realiza instalação em prédio histórico do centro de São Paulo




This article is also available in: Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.