GAY BLOG BR by SCRUFF

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), foi reeleita no último domingo (2), com 1.066.496 votos, ou 58,31% dos válidos, de acordo com a apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Ela teve a maior votação para o cargo na história do estado e superou a sua própria marca de 1.022.910, em 2018, na disputa do segundo turno.

Fátima Bezerra (PT) (Foto: Reprodução)

Apoiadora de Lula (PT), Fátima tem 67 anos, é lésbica, nasceu na Paraíba, mas mora no Rio Grande do Norte desde a adolescência. Professora e pedagoga, a governadora reeleita se filiou ao Partido dos Trabalhadores em 1981.

Ao longo de sua trajetória na política-eleitoral, Fátima foi eleita deputada estadual duas vezes consecutivas – 1994 e 1998. Em 2002, ela concorreu pela primeira vez um cargo na Câmara Federal, sendo eleita outras duas vezes, em 2006 e 2010, sempre pelo Rio Grande do Norte.

Já em 2014, ela concorreu a senadora e foi eleita com 808.055 votos (54,84% dos válidos). Fátima, que poderia permanecer nesse cargo até 2022, decidiu se candidatar ao governo do Rio Grande do Norte, e se tornou a única governadora eleita no país em 2018. A vitória veio no segundo turno, com 1.022.910 votos (57,60% dos válidos).

Fátima Bezerra (PT) (Foto: Reprodução/ Facebook)

Sobre sua sexualidade, após a repercussão sobre Eduardo Leite (PSDB) se declarar gay no programa “Conversa com Bial“, em 2021, Fátima veio a público falar sobre sua orientação sexual. Antes de ser governadora, a oposição se referia a ela com insinuações homofóbicas para desmoralizá-la.

“Na minha vida pública ou privada nunca existiram armários”, disse Fátima Bezerra no Twitter. “Sempre demarquei minhas posições através da minha atuação política, sem jamais me omitir na luta contra o machismo, o racismo, a LGBTfobia e qualquer outro tipo de opressão e violência”, continuou.

O governador Eduardo Leite fez um gesto importante e tem minha solidariedade por ataques que venha a sofrer em razão de sua declaração. Eu sei o que é a dor da discriminação e do preconceito. Os mandatos que recebi do povo, de deputada estadual, deputada federal e, agora, de Governadora do meu Estado, o RN, sempre estiveram à disposição das lutas civilizatórias”, pontou ela.

Governadora Fátima Bezerra se pronuncia sobre sua orientação sexual
(Reprodução)



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)