GAY BLOG BR by SCRUFF

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou um projeto de lei da vereadora Erika Hilton (PSOL-SP) que denomina uma rua da Zona Sul de São Paulo como Xica Manicongo, considerada a primeira travesti do Brasil.

Agora a proposta seguirá para a sanção do prefeito Ricardo Nunes (MDB) e, se for aprovada, será a primeira rua de São Paulo a ter um nome em homenagem a uma travesti. O local escolhido é uma rua sem nome que fica entre as vias Rodrigues e Rua Um, no bairro do Grajaú.

Na proposta, Hilton defende que “Xica Manicongo representa a luta das travestis brasileiras por seu direito à memória e ao reconhecimento”.

Câmara de SP aprova projeto que que uma rua ganhe o nome de Xica Manicongo, considerada 1ª travesti do Brasil
Reprodução

Xica Manicongo foi sequestrada e trazida do Congo como escrava no fim do século XVI. Em 1591 Xica foi alvo de uma denúncia feita pelo Tribunal do Santo Ofício pelo crime de sodomia e, desde então, foi obrigada a usar roupas masculinas e responder pelo nome de batismo, Francisco.

“Por anos, a historiografia retratou Xica como Francisco, assassinando seu direito à memória. Somente com o movimento de travestis e pessoas trans na academia foi possível trazer a verdade sobre a história de Xica Manicongo, atribuindo-lhe o título de primeira travesti brasileira não indígena”, explica Érika Hilton em sua proposta.

A história de Manicongo voltou a ganhar relevância nos anos de 1990 graças ao trabalho do antropólogo Luiz Mott, que partiu de registos obtidos no Arquivo Nacional da Torre do Tombo. No século XXI, Xica Manicongo passou a ser reconhecida pela comunidade LGBT. Em 2021 foi criado no Rio de Janeiro um quilombo urbano com o seu nome.

A associação ASTRA-Rio (Associação de Travestis e Transexuais do Rio de Janeiro) criou em 2010 o Prêmio Xica Manicongo, que visa reconhecer iniciativas relacionadas com os direitos humanos e promoção da cidadania de travestis e pessoas trans




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"