Rio de Janeiro tem novos centros de atendimento à comunidade LGBT

O atendimento é feito ainda de forma remota, por meio do Serviço Disque Cidadania LGBT, no telefone 0800 0234 567, para atender cidades mais distantes.

No Centro de Cidadania LGBT Sul Fluminense, criado por meio do programa Rio Sem Homofobia, a população vítima de violência e preconceito poderá obter atendimento jurídico, social e psicológico. O espaço vai funcionar também como centro de mobilização em políticas públicas de combate à homofobia e à promoção da cidadania LGBT.

O centro vem atender a um pleito antigo dos moradores, que nos últimos dois anos, em função da crise financeira do estado, não ocorreu uma expansão do Programa Rio Sem Homofobia. “Nossa maior batalha foi para manter o programa aberto, com pagamento dos salários, que era o maior desafio e, agora, a gente está conseguindo atingir o ponto de virada, mantendo a rede existente e, também, pela primeira vez, volta a expandir o serviço por meio de parceria com a prefeitura local”, explicou o secretário Átila Alexandre Nunes.

Atualmente, o estado conta com um Centro de Cidadania LGBT na capital, que funciona na Central do Brasil; um em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro; em Nova Friburgo, região serrana; e em Caxias, Baixada Fluminense. O secretário informou que o órgão está em tratativas com outros municípios para ampliar o serviço por meio de parcerias com prefeituras, utilizando o modelo piloto de Volta Redonda.

O atendimento é feito ainda de forma remota, por meio do Serviço Disque Cidadania LGBT, no telefone 0800 0234 567, para atender cidades mais distantes. Ele destacou que esse equipamento “é de uma importância ímpar, tendo em vista a seriedade dos problemas que afetam a comunidade LGBT”. O volume de atendimentos acaba, segundo Nunes, se tornando um argumento adicional para que outras cidades se mobilizem e queiram seguir o mesmo caminho. “Eu vejo com muito otimismo que isso servirá como exemplo para outros municípios”. A unidade vai funcionar na Rua Antônio Barreiros 232, Bairro Nossa Senhora das Graças, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Anúncios