O cantor e compositor Harry Styles (ex-integrante do grupo inglês One Direction) se manifestou no Twitter favorável à aqueles que estão protestando contra a morte de George Floyd, homem negro que foi abordado por policiais e assassinado.

Harry Styles pagará fiança dos que forem presos pela polícia por protestarem contra a morte de George Floyd
Foto: Reprodução

Com toda a polêmica, algumas pessoas estão sendo presas por protestarem de modo violento. Só que muitos famosos acabaram ficando ao lado dos manifestantes, e alguns dão links para doações para incentivar os protestos. Já Styles, disse que pagará a fiança de algumas pessoas para continuarem exercendo seu direito de protestar.

“Eu faço as coisas todos os dias sem medo, porque eu sou privilegiado, e eu sou privilegiado porque eu sou branco. Não ser racista não é o suficiente, nós temos que ser anti-racista. Mudança social só acontece quando a sociedade se mobiliza. Eu apoio aqueles que estão protestando. Eu vou doar para aqueles que forem presos conseguirem sair da cadeia. Escute, leia, compartilhe, doe e vote. Vidas pretas importam”.

HARRY STYLES FARIA DOIS SHOWS NO BRASIL EM 2020

Em dezembro de 2019, Harry Styles anunciou as datas sul-americanas da “Love on Tour”, a turnê mundial que vem para promover o álbum “Fine Line”. No entanto, devido a pandemia do coronavírus, os shows foram adiados para 2021.

A convidada especial na turnê de Harry na América do Sul seria a cantora de reggae, Koffee. No Brasil, os shows iriam acontecer em São Paulo, dia 7 de outubro, no Allianz Parque; e no Rio de Janeiro, dia 9 de outubro, na Jeunesse Arena.

Vale dizer que o cantor abriu um show de sua turnê nos Estados Unidos ostentando a bandeira do orgulho LGTQIA+.

A postura foi bem recebida pela legião de fãs – não apenas os presentes no show como os que viram fotos e vídeos pela Internet. Um deles escreveu o seguinte no Twitter (replicado pela Billboard americana): “acho que as pessoas menosprezam o quão seguro te faz sentir quando seu ídolo acena em torno de uma bandeira do orgulho gay no palco. Obrigado por ser meu porto seguro”.

Esta não é a primeira vez que o Styles dá suporte à causa LGBTQ. O cantor já usou a bandeira do orgulho como capa durante um show One Direction em Nova York em 2015.

Xuxa se posiciona contra o Baixo Astral: “Somos 70% contra Bolsonaro”

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".