“Vento Seco”, dirigido por Daniel Nolasco, será exibido pela primeira vez no Brasil no Festival Internacional Olhar de Cinema, de Curitiba. O longa está na seleção da Mostra Foco, que na edição de 2020 homenageia o diretor e traz também outros filmes de sua cinematografia, como Mr. Leather (2019) e Paulistas (2017).

- CURTA A PÁGINA DO FACEBOOK -
reprodução

Filmado em Catalão, Goiás, “Vento Seco busca mostrar parte da cultura gay do interior, que foi responsável pela minha formação até minha vida adulta. Realidade na qual os homens do cerrado se olham, se desejam e transam”, explica Nolasco.

Usando o artificialismo como proposta estética, Vento Seco procura estabelecer um diálogo direto entre alguns elementos do melodrama e do filme erótico, buscando uma reflexão sobre a vida cotidiana dos trabalhadores de uma fábrica de fertilizantes.
Além disso, busca levar ao cinema o ambiente pouco representado do interior do centro-oeste brasileiro com todas as suas complexidades.

Reprodução

O filme também se debruça sobre a representação do desejo homoerótico buscando um diálogo com filmes que procuraram pensar uma forma de representação que rompesse com a tentativa de enquadrar os laços homoafetivos, exclusivamente, dentro de códigos estabelecidos por uma cultura que nunca teve como preocupação entender os relacionamentos homoeróticos sobre outro prisma, além daquele estabelecido pela moral vigente.

Em sua 9ª edição, o Festival acontecerá de forma online entre os dias 7 a 15 de outubro. Os filmes poderão ser vistos diretamente no site do festival. O longa fez parte da seleção da Mostra Panorama no Festival de Berlim e estreia comercialmente no primeiro semestre de 2021 com distribuição da Olhar.

Google Notícias