GAY BLOG BR by SCRUFF

O “Papo de Segunda” (Canal GNT) de hoje, dia 26, comenta sobre o Projeto de Lei 504/2020 – que tenta proibir publicidade que contenha referência à diversidade sexual e de gênero, a partir da presença ou referência aos LGBTQIA+.

Fábio Porchat, Emicida, Chico Bosco e João Vicente debaterão sobre os avanços e obstáculos da representatividade – como algumas empresas já lucram com a representação de minorias, mas, mesmo assim, de acordo com uma pesquisa realizada pela ONU Mulheres e a Heads Propaganda, em 2020, a representação geral de membros da comunidade LGBTQIA+ ficou pouco acima de 1%.

A atração também comenta sobre o premiado do Oscar, o filme dinamarquês “Druk – Mais Uma Rodada”. Os apresentadores falam sobre a necessidade de escapismos e questionam se dá para enfrentar a vida nua e crua. Em seguida, os meninos refletem se estamos melhor hoje ou se o mundo era melhor no passado; e opinam, no melhor estilo ‘and the Oscar goes to…’, os melhores fatos, memes, imagens ou personagens da última semana para ganhar a estatueta simbólica.

“Papo de Segunda” vai ao ar às segundas-feiras, às 22h30, no canal GNT.

"Papo de Segunda" aborda PL 504/2020 e obstáculos da representatividade LGBT+
“Papo de Segunda” aborda PL 504/2020 e obstáculos da representatividade LGBT+

PL 504 E REPRESENTATIVIDADE LGBT+ NA MÍDIA

Na última semana, como foi noticiado aqui no GAY BLOG BR, entrou para votação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo o projeto de lei nº 504, de autoria de Marta Costa, do PSD, que é ligada à Assembleia de Deus e é filha do Pastor José Wellington Bezerra da Costa. O projeto tenta proibir peças publicitárias com LGBTs em qualquer veículo de comunicação. A deputada argumenta que publicidade com a diversidade traz “desconforto emocional a inúmeras famílias além de estabelecer prática não adequada a crianças”. Ela ainda chega a citar “preferências sexuais” em sua peça inicial.

O projeto é de agosto do ano passado e muitas entidades já protocolaram ofícios de repúdio, como a ANTRA, a vereadora Erika Hilton, a ONG Mães pela Diversidade, a Casa Chama, a Família Stronger… Além da manifestação de grandes outras entidades como escritórios de advocacia, como a Camargo Advogados, emissoras de TV, como a Cartoon Network e a CNN, agências de publicidade, como a Africa, e marcas como a Coca-Cola, Mastercard e outras gigantes.

O SCRUFF obviamente também ficou indignado. A empresa sempre faz questão de se posicionar em questões como essa Assista ao bate-papo, que aconteceu no úlltimo domingo, 25 de abril:




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.