GAY BLOG BR by SCRUFF

O “Papo de Segunda” (Canal GNT) de hoje, dia 26, comenta sobre o Projeto de Lei 504/2020 – que tenta proibir publicidade que contenha referência à diversidade sexual e de gênero, a partir da presença ou referência aos LGBTQIA+.

Fábio Porchat, Emicida, Chico Bosco e João Vicente debaterão sobre os avanços e obstáculos da representatividade – como algumas empresas já lucram com a representação de minorias, mas, mesmo assim, de acordo com uma pesquisa realizada pela ONU Mulheres e a Heads Propaganda, em 2020, a representação geral de membros da comunidade LGBTQIA+ ficou pouco acima de 1%.

A atração também comenta sobre o premiado do Oscar, o filme dinamarquês “Druk – Mais Uma Rodada”. Os apresentadores falam sobre a necessidade de escapismos e questionam se dá para enfrentar a vida nua e crua. Em seguida, os meninos refletem se estamos melhor hoje ou se o mundo era melhor no passado; e opinam, no melhor estilo ‘and the Oscar goes to…’, os melhores fatos, memes, imagens ou personagens da última semana para ganhar a estatueta simbólica.

“Papo de Segunda” vai ao ar às segundas-feiras, às 22h30, no canal GNT.

"Papo de Segunda" aborda PL 504/2020 e obstáculos da representatividade LGBT+
“Papo de Segunda” aborda PL 504/2020 e obstáculos da representatividade LGBT+

PL 504 E REPRESENTATIVIDADE LGBT+ NA MÍDIA

Na última semana, como foi noticiado aqui no GAY BLOG BR, entrou para votação na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo o projeto de lei nº 504, de autoria de Marta Costa, do PSD, que é ligada à Assembleia de Deus e é filha do Pastor José Wellington Bezerra da Costa. O projeto tenta proibir peças publicitárias com LGBTs em qualquer veículo de comunicação. A deputada argumenta que publicidade com a diversidade traz “desconforto emocional a inúmeras famílias além de estabelecer prática não adequada a crianças”. Ela ainda chega a citar “preferências sexuais” em sua peça inicial.

O projeto é de agosto do ano passado e muitas entidades já protocolaram ofícios de repúdio, como a ANTRA, a vereadora Erika Hilton, a ONG Mães pela Diversidade, a Casa Chama, a Família Stronger… Além da manifestação de grandes outras entidades como escritórios de advocacia, como a Camargo Advogados, emissoras de TV, como a Cartoon Network e a CNN, agências de publicidade, como a Africa, e marcas como a Coca-Cola, Mastercard e outras gigantes.

O SCRUFF obviamente também ficou indignado. A empresa sempre faz questão de se posicionar em questões como essa Assista ao bate-papo, que aconteceu no úlltimo domingo, 25 de abril:

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os LGBTs que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.