O Mês do Orgulho em Tel Aviv, que traz em junho uma série  de eventos friendly pela cidade, este ano será comemorado apenas de maneira virtual. A parada LGBT+ (Tel Aviv Pride Parade), que se tornou a maior do Oriente Médio e uma das principais no mundo, será adiada, mas ainda ainda não tem data prevista.

Tel Aviv adia Parada LGBT+ 2020; junho deverá ter somente eventos virtuais
Crédito: Yafo Municipality, Guy Yechiely

Por conta da pandemia do coronavírus, as quatro maiores paradas em Israel – Tel Avivi, Haifa, Jerusalém e Be’er Sheva – decidiram conjuntamente adiar seus eventos, com a intenção de que eles possam acontecer no fim do verão. O Mês do Orgulho, junho, ainda será celebrado por meio de eventos virtuais, ainda a serem confirmados.

Tel Aviv inaugura centro para famílias LGBT+

A municipalidade de Tel Aviv é conhecida por acolher e promover tolerância, aceitação e diversidade desde a infância nas instituições educacionais da cidade; e tudo leva a crer que os valores não ficam só no discurso.

Centro LGBT+ de Tel Aviv, que funciona desde 2008, inaugurou um espaço que oferece ajuda a famílias LGBT+ da cidade e endereça vários aspectos da vida familiar da comunidade.

O centro familiar oferece um ambiente de suporte social em capítulos significativos da vida, que vão de explorar opções para ter filhos e sua criação, desenvolvimento de relacionamentos e até o dia-a-dia familiar, através de workshops, atividades e eventos. São oferecidos também oportunidades de conexões, grupos de apoio a pais com crianças trans, terapias de casais e de família, atividades para as crianças e aconselhamento legal.

Centro LGBT+ de Tel Aviv foi o primeiro do tipo a ser estabelecido por uma municipalidade e é um dos principais organizadores da Parada LGBT+ de Tel Aviv, uma das mais importantes do mundo. Leia mais:

Tel Aviv inaugura centro para famílias LGBT+