GAY BLOG BR by SCRUFF

A Universidade Veiga de Almeida (UVA), do Rio de Janeiro, comunica que está fazendo sessões gratuitas e presenciais de fonoaudiologia para a população transgênero. Os interessados podem entrar em contato pelo WhatsApp (21) 99583-5274.

“A instituição presta um importante papel social ao, literalmente, ajudar a dar voz para essas pessoas que encontram enormes barreiras para inserção e ascensão no mercado de trabalho justamente, por não terem a voz conectada com a imagem do gênero com que se reconhece”, diz em nota.

O trabalho conta com professores e alunos formandos e engloba exercícios que melhoram a força muscular da laringe; variação tonal, que pode ser do grave para o agudo; os sons hiperagudos, no caso das mulheres trans e o abaixamento de laringe para os homens trans. Por meio do uso da poesia é exercitada toda a prosódia usada na fala masculina e feminina para trabalhar o tempo maior e encurtamento das vogais.

Universidade oferece fonoaudiologia gratuita para trans que queiram adequar a voz
Reprodução

“Durante esses cinco anos de atividade, ouvimos recorrentes queixas de pessoas que são confundidas o tempo todo com o gênero com o qual não se identificam e não conseguem promoção na empresa, por exemplo. O processo de confirmação vocal é uma etapa importante para elas vencerem o estranhamento do interlocutor e, efetivamente, ganharem voz no local de trabalho”, destaca o professor do curso de Fonoaudiologia João Lopes, idealizador e coordenador do projeto. A iniciativa tenta retirar os transexuais de um lugar de exclusão e colocá-los em condições de disputar empregos no mercado formal, saindo de condições de exclusão e marginalidade.

Vale dizer que tem se tornado cada vez mais frequentes a busca por fonoaudiólogos pelas pessoas trans para fazerem uma terapia de readequação a parâmetros vocais relacionados a uma identidade feminina ou masculina. Segundo uma matéria do G1, a maioria dos transgêneros se sentem constrangidos com a possibilidade de falar em situações simples, pois não querem ser confundidos com o gênero ao qual não se sentem confortáveis.




Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"

1 COMENTÁRIO