Ex-capa da G Magazine, galã ganha a vida com ‘Frango assanhado’

A G Magazine era uma publicação mensal e circulou por mais de quinze anos, chegou a vender 180.000 exemplares por mês, metade da tiragem média da Playboy.

Ex-Dominó, ator na Globo nos anos 2000 e duas vezes capa da extinta revista G Magazine, o ator Rodrigo Phavanello recentemente chegou a fazer alguns trabalhos na Record, mas sua vida tem caminhado para novos rumos.

Revista G Magazine Rodrigo Pavanello 21 Jun 1999
Revista G Magazine Rodrigo Pavanello 21 Jun 1999
G Magazine 42 Mar/2001 Rodrigo Pavanello
G Magazine 42 Mar/2001 Rodrigo Pavanello

O ator, que no ano passado virou notícia por beijar a apresentadora Sônia Abrão ao vivo, decidiu começar a vender frango. Ele anunciou nas suas redes sociais a criação de sua  empresa: “Frango assanhado”.

Para quem quiser provar o Frango Assanhado, o delivery no Rio de Janeiro é através do telefone (21) 3128-8888

g magazine
Reprodução: G Magazine

Ps: Tem uma edição aqui para vender no Bazar das Pocs.

G Magazine

A revista brasileira com conteúdo de nudez masculina e reportagens voltadas para o público homossexual masculino (incluindo ereções), era publicação mensal e circulou por mais de quinze anos e chegou a vender 180.000 exemplares por mês, o que representa mais da metade da tiragem média da Playboy.

A revista foi criada pela editora Ana Fadigas e foi uma forte parceira na luta pela causa LGBT+. Em suas matérias sempre estiveram formas de ajudar a combater o preconceito. Existiu uma versão na internet da revista, a “G Online”, que mostrava o “making of” dos ensaios fotográficos com os modelos em forma de vídeo. A revista produzia reportagens sobre assuntos como comportamento, moda, crônicas, notícias, saúde e corpo sob a perspectiva do universo gay. A publicação entrou em crise em 2008, quando foi vendida para outra empresa, e desde essa época entrou em declínio, até junho de 2013, quando saiu de circulação.