Longas-metragens selecionados para o ‘Panorama Internacional’ do Festival MixBrasil

Outros filmes farão parte da programação das mostras especiais do Festival MixBrasil - e serão anunciados nos próximos dias

O Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade anuncia os longas-metragens estrangeiros selecionados para o Panorama Internacional da 2 edição do festival, de 15 a 25 de novembro:

Panorama Internacional - Festival MixBrasil 2018
Panorama Internacional – Festival MixBrasil 2018

A História de Kevyn Aucoin (Larger Than Life: The Kevyn Aucoin Story, EUA, dir. Tiffany Bartok)
A Pé Ele Não Vai Longe (Don’t Worry, He Won’t Get Far on Foot, EUA, dir. Gus Van Sant)
A Seda e o Fogo (The Silk and The Flame, China/EUA, dir. Jordan Schiele)
A Vaca Vermelha (Para Aduma, Israel, dir. Tsivia Barkai Yacov)
As Filhas do Fogo (Las Hijas del Fuego, Argentina, dir. Albertina Carri)
Colette (Colette, Reino Unido, dir. Wash Westmoreland)
Conquistar, Amar e Viver Intensamente (Plaire, Aimer et Courir Vite, França, dir. Christophe Honoré)
Ela é Ganda (Call Her Ganda, Filipinas/EUA, dir. PJ Raval)
Eva+Candela (¿Cómo Te Llamas? Eva+Candela, Colômbia, dir. Ruth Caudeli)
Faca no Coração (Un Couteau Dans le Coeur, França, dir. Yann Gonzalez)
Loucas Noites com Emily (Wild Nights with Emily, EUA, dir. Madeleine Olnek)
Mapplethorpe (Mapplethorpe, EUA, dir. Ondi Timoner)
Marilyn (Marilyn, Argentina/Chile, dir. Martín Rodríguez Redondo)
Mario (Mario, Suíça, dir. Marcel Gisler)
Meus Dias de Compaixão (My Days of Mercy, Reino Unido/EUA, dir. Tali Shalom Ezer)
Narcissister Organ Player (Narcissister Organ Player, EUA, dir. Narcissister)
Nós, os Animais (We The Animals, EUA, dir. Jeremiah Zagar)
O Príncipe Feliz (The Happy Prince, Alemanha/Bélgica/Itália, dir. Rupert Everett)
Obscuro Barroco (Obscuro Barroco, França/Grécia, dir. Evangelia Kranioti)
Os Garotos Selvagens (Les Garçons Sauvages, França, dir. Bertrand Mandico)
Rituais Para Mudança: O Filme (Rituals For Change: The Film, Reino Unido, dir. Emma Frankland)
Skate Kitchen (Skate Kitchen, EUA, dir. Crystal Moselle)
Terrence McNally: Uma Vida por Trás da Cena (Every Act of Life, EUA, dir. Jeff Kaufman)
Tucked (Tucked, Reino Unido, dir. Jamie Patterson)
Um Garoto como Jake (A Kid Like Jake, EUA, dir. Silas Howard)

26º Festival Mix Brasil divulga programação 2018

SOBRE O FESTIVAL

O Festival Mix Brasil de Cinema e Vídeo da Diversidade Sexual surgiu em 1993 através do convite realizado pelo New York Lesbian and Gay Experimental Film Festival que decidiu ampliar seus horizontes e convidar curadores estrangeiros para mostrar as diferentes formas de expressão da sexualidade em outros países. Esse festival, realizado em Nova Iorque, passou a se chamar “MIX New York”. André Fischer foi o responsável pela seleção da programação brasileira desse festival, com o nome Brazilian Sexualities. A partir dessa participação brasileira no festival de Nova Iorque, o Departamento de Cinema do Museu da Imagem e do Som decidiu fazer um convite para sediar uma edição brasileira do festival, que ganhou o nome “I Festival MiX Brasil”, sendo realizado a partir da seleção, realizada por André Fisher, de 76 trabalhos exibidos no Festival de Nova Iorque, editados em 12 programas de curtas. O festival brasileiro estreou dia 5 de outubro de 1993.

Desde a primeira edição foram editadas versões para a apresentação do festival em várias capitais brasileiras. A exibição do primeiro Festival MiX Brasil no Rio de Janeiro, marcada para acontecer na Casa Laura Alvim foi cancelada a 4 dias do evento por Beatriz Nogueira que decidiu que o Rio de Janeiro não estava preparado para esse evento. A apresentação no Rio de Janeiro foi improvisada na Torre de Babel a convite de Ringo Cardia. As edições do festival passaram a ser realizadas anualmente e são bem recebidas por vários segmentos da sociedade por encarar a diversidade sexual de forma aberta.

Festival Mix Brasil 2018: programação completa com datas, horários de exibições e trailers