GAY BLOG BR by SCRUFF

O Parlamento húngaro aprovou nesta terça-feira (15) várias leis contra a população LGBT. Um dos textos coloca na Constituição a noção de que o único sexo aceito é o biológico e outro proíbe a adoção para casais de mesmo sexo. O pacote húngaro é aprovado no mesmo dia em que a Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexuais (ILGA) publicou seu relatório anual indicando que direito dos homossexuais avança no mundo, mas ainda é crime em 69 países. A informação é da agência FRI, via UOL.

“A mãe é uma mulher, o pai é um homem”, decreta a emenda à Constituição aprovada com o apoio da maioria dos parlamentares húngaros, segundo o site oficial da Assembleia. O único sexo aceito é o do nascimento e texto acrescenta que “a educação é fornecida de acordo com os valores baseados na identidade constitucional e na cultura cristã” do país.

Primeiro-ministro Viktor Orbán, de extrema-direita, cumprimenta Bolsonaro/ Reprodução

O governo nacionalista do primeiro-ministro Viktor Orbán justificou a emenda pela necessidade de “proteger a criança de possíveis interferências ideológicas ou biológicas” do mundo ocidental moderno. Sobre a adoção, a lei aprovada pelo Parlamento permite que apenas pessoas casadas adotem crianças, o que na prática exclui os homossexuais, que não podem se casar na Hungria.

Sobre a adoção, a lei aprovada pelo Parlamento permite que apenas pessoas casadas adotem crianças, o que na prática exclui os homossexuais, que não podem se casar na Hungria. Desde maio, já estava legalmente proibido registrar nos documentos a mudança de sexo no país da Europa Central que integra a União Europeia (UE). O premiê Viktor Orban, que está há dez anos no poder sem interrupção, promove o “iliberalismo”. Frequentemente acusado de desrespeitar os valores europeus, ele dá continuidade a sua campanha pelos “valores tradicionais”.

Na semana passada, anunciou sua intenção de entrar com recurso contra a introdução de um novo mecanismo que vincula o pagamento de fundos europeus ao respeito do estado de direito.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog Br, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.