GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

No último dia 28 de novembro, a drag queen Vitilda Star, interpretada pelo carioca Victor (27), participou de um chá de revelação do bebê de um casal de amigos de longa data. O vídeo foi colocado na internet e viralizou rapidamente.

A apresentação de Vitilda Star no Chá de Bebê foi ao som de “So Emotional” de Whitney Houston. Já a apresentação foi inspirada na Sasha Velour de RuPaul´s Drag Race.

Em entrevista, Victor disse que ainda não atua profissionalmente como drag queen, mas ama o universo da maquiagem e montação e não descarta essa possibilidade no futuro.

“Estou pensando em investir sim [na carreira como drag], gostei bastante do processo de criação” – disse.

Em outro momento, ele explica como se preparou para o evento: “Fiquei sabendo do sexo do bebê na quarta-feira. Eu mesmo costurei minha roupa e em tempo recorde” – disse.

Drag queen viraliza ao fazer revelação em Chá de Bebê ao estilo "Sasha Velour"
Montagem: Reprodução

Drag Queen diz ter sofrido homofobia dentro da Igreja Universal

A drag queen Sophia Barclay (20) diz que sofreu ofensas homofóbicas dentro de uma Igreja Universal do Reino de Deus na zona oeste do Rio de Janeiro, localizada na rua Barão de Laguna, 150, sede de Santa Cruz. A informação vem da coluna de Ricardo Feltrin, no UOL. Os ataques teriam ocorrido no último dia 8 de outubro, quinta-feira, por ela estar maquiada dentro da igreja.

Sophia também diz que frequenta a igreja há cinco anos e essa foi a primeira vez que houve as ofensas em público. Anteriormente, já houve casos de discriminação de outros fiéis, mas em caráter particular. Já a ideia de frequentar a igreja de Edir Macedo veio porque, em 2015, o fundador da Universal disse que os gays eram bem-vindos aos templos de sua instituição. Além disso, Barclay teve diversos sofrimentos em sua vida, sendo espancada pelo pai, acabou fugindo de casa, morou nas ruas e eventualmente foi acolhida por uma obreira da igreja.

Sophia também diz que ela estava acompanhada de um amigo, Ilton, que é deficiente físico e mental. Ele também teria sofrido discriminação na igreja, já que um segurança teria negado o uso do banheiro a ele. O caso já foi levado às autoridades.

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"