This article is also available in: English Español

GAY BLOG BR by SCRUFF

Um estudo realizado nos Estados Unidos feito pela GLSEN (Gay, Lesbican & Straight Education Network) concluiu que 99% dos estudantes LGBT+ já sofreram algum tipo de de homofobia ou transfobia perante a sua sexualidade ou identidade de gênero. A pesquisa foi realizada com cerca de 16,7 mil estudantes, de 13 a 21 anos, espalhados por 50 estados americanos. A informação vem do canal Pink News.

Comentários como “isso é muito gay” em tom depreciativo ainda são comuns, e 92% dos estudantes disseram que se sentem angustiados. Cerca de 97% disse que já escutou a frase “no homo” (sem homossexual) na escola, enquanto 95% já ouviu termos homofóbicos, como “dyke” (sapatão) ou “faggot” (bicha).

69% já sofreram assédio moral direto por sua orientação sexual, enquanto 57% já foram ameaçados ou xingados devido a sua expressão de gênero. Dentre os que sofreram agressão física, cerca de 11% disseram que foram ou atacados com socos, chutes ou até mesmo com algum tipo de arma.

A diretora executiva da GLSEN, Eliza Byard, concedeu uma entrevista à agência Reuters falando sobre o assunto. Ela disse que a pesquisa mostra que, mesmo com tantos avanços sociais, ainda há muito o que melhorar.

Pesquisa aponta que LGBTQIA+ de 13 a 21 anos sofrem homofobia ou transfobia na escola
Reprodução

“Onde estamos agora é muito diferente de onde estávamos há 20, 25 anos atrás em termos de como as coisas estão melhores. Por outro lado, onde estamos ainda é inaceitável”.

O abuso perante as pessoas LGBTQIA+ ainda não é um caso isolado nas escolas: uma outra pesquisa estudou 14 países e 24 indústrias e mostrou que pelo menos um quarto dos membros da comunidade já disseram ter sofrido algum tipo de bullying em seu ambiente de trabalho, resultando em um constante “alto nível de estresse, ansiedade e problemas de saúde mental”.

Já aqui no Brasil, o Grupo Gay da Bahia fez uma pesquisa que mostra que, a cada 28 horas, um homossexual é morto por conta da homofobia, além de que 70% dos assassinatos ficam impunes.

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".