GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

A presidência da Alemanha aprovou nesta quarta-feira (25) uma legislação que daria compensação aos militares homossexuais que sofreram discriminação nas forças armadas antes de uma mudança de política, há 20 anos. A informação é da AP.

A decisão vem dois meses depois que a ministra da Defesa, Annegret Kramp-Karrenbauer, apresentou um pedido de desculpas por décadas de discriminação.

Um estudo encomendado por seu ministério documentou “discriminação sistemática” na Bundeswehr – os militares da Alemanha Ocidental e desde 1990 da Alemanha reunificada – de 1955 a 2000.

Reprodução

O estudo disse que “a orientação para pessoas do mesmo sexo era vista como um risco à segurança no Bundeswehr até a virada do milênio e tornava impossível uma carreira como oficial ou suboficial“. Kramp-Karrenbauer disse que os soldados afetados serão “reabilitados” sob a nova legislação.

De quanto será a compensação

A legislação prevê o levantamento de veredictos de tribunais militares impostos por sexo gay consensual, com 3.000 euros ($ 3.560) de indenização por cada um desses veredictos, mas também para soldados que foram demitidos, tiveram sua promoção negada ou foram dispensados. O Ministério da Defesa estima que cerca de mil pessoas se candidatarão, informou a agência de notícias dpa.

Sei que não podemos compensar a injustiça pessoal que sofreram, mas, com o levantamento de veredictos e o pagamento de uma indenização global, queremos enviar um sinal – um pequeno sinal – de reparação, para restaurar o dignidade dessas pessoas que não queriam nada além de servir a Alemanha”, disse Kramp-Karrenbauer.

É a última iniciativa da Alemanha para lidar com a discriminação anti-gay do passado. Em 2017, o parlamento votou para anular as condenações de milhares de gays sob uma lei que criminaliza a homossexualidade masculina que foi aplicada com zelo na Alemanha Ocidental pós-Segunda Guerra Mundial.

Um tribunal federal decidiu em 1970 que a homossexualidade não era mais um crime disciplinar para os soldados, a menos que houvesse uma “conexão de serviço“, disse o estudo divulgado em setembro. Isso foi interpretado estritamente no início e gradualmente foi afrouxado.

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista pela Universidade Federal de MS, foi repórter de economia e hoje, além de colaborar para o Gay Blog Br, é servidor público em Joinville (SC). Escreveu ''A Supremacia do Abandono'', livro disponível em amazon.com.br.