Candidato hétero do DF entra no Grindr para pedir votos

Depois de pedir votos no Tinder, Alexandre Guerra, candidato ao Governo do Distrito Federal pelo Partido Novo, também tenta conquistar eleitores POCs no Grindr. Em seu perfil, o candidato ressalta que é casado e pai de dois filhos.

Img: reprodução Grindr

“Sou o seu melhor partido para um relacionamento sério por 4 anos. Sou Alexandre Guerra, seu candidato a governador. E aí, vamos fazer um Novo DF?”, diz ele na descrição de sua conta no aplicativo.

candidato alexandre guerra, grindr
Alexandre Guerra, do Partido Novo. Foto: Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

A assessoria do candidato informou que o uso do Tinder e do Grindr foi uma maneira estratégica para a divulgação de sua candidatura e uma forma de romper a barreira imposta pelo pouco tempo de TV, além da falta de convite para debates.

Apesar de fazer uso de uma plataforma destina à comunidade gay, o canditado do Partido Novo não possui nenhuma proposta voltada para LGBT+.

Alexandre Guerra. Foto: G1

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira, 22, apontou que Alexandre Guerra tem 2% das intenções de voto no estado. A corrida pelo governo do Distrito Federal está tecnicamente empatada entre Eliana Pedrosa (Pros) com 15%; o atual governador Rodrigo Rollemberg (PSB) tem 14% e em terceiro Rogério Rosso (PSD) computando 13% das intenções.

1 COMENTÁRIO

Comente