Site permite saber quem te bloqueou no Grindr

O site C*ckblocked, em português algo como “pau bloqueado”, permite ao usuário do app Grindr ver todos os que bloquearam. A ferramenta foi desenvolvida por Trever Faden, um profissional de tecnologia de Washington, EUA.

Foto: reprodução Queerty
Foto: reprodução Queerty

Em entrevista para o site Queerty, o criador da plataforma diz: “há duas semanas descobri que o Grindr fornece as IDs dos usuários que te bloquearam. Não no app, claro, mas através de dados que estão online. Então, decidi fazer C*ckblocked, onde, basicamente, com suas credenciais de login do Grindr é possível ver a lista de todos que te deram block”.

O C*ckblocked é uma ferramenta gratuita e qualquer pessoa com um perfil Grindr pode usar. Trever diz que criou tudo em um só final de semana para seu próprio entretenimento. E, é claro, porque ele estava curioso para ver quem o havia bloqueado.

“Fiquei surpreso”, diz Trever. “Alguns caras eram completamente aleatórios, por que me bloquearam? Outros eram pessoas com quem eu assuntei no passado. Até vi um amigo meu lá, foi estranho.”

Todavia, Trever diz que não espera que dure muito essa plataforma. “Eu suponho que o Grindr irá reparar a API que estou usando para que não mostre mais os dados, mas acho que, enquanto isso, são informações interessantes que podem gerar algumas conversas bobas”.

Tela de entrada do site. Foto: reprodução
Tela de entrada do site. Foto: reprodução

“Felizmente, alguém descobrindo que você bloqueou no Grindr não é uma grande vulnerabilidade de segurança. Quando você bloqueia alguém, você assume que a informação permanecerá um ligeiramente privada. Os dados são seguros, até que se prove o contrário, o que, na minha opinião, significa que se você quiser realmente manter um segredo, não envie através da internet”, conclui.

O site é: https://blocked.ongrindr.com

Ensaio ‘No Sombra’, de Beto Urbano, foi destaque em editoria internacional do Grindr

Com informações de Queerty