GAY BLOG BR by SCRUFF

A cada ano cresce o número de brasileiros e brasileiras, acima dos 50 anos de idade, que “saem do armário”. Uma reportagem publicada pela revista VEJA, consultou 10 especialistas em envelhecimento na comunidade LGBTQIA+ (sexólogos, antropólogos, sociólogos, psiquiatras e geriatras) e eles foram unânimes em confirmar que a turma que já passou dos 50 está mais aberta a revelar sua orientação sexual.

“O tabu da sexualidade na terceira idade diminuiu e isso estimulou as pessoas dessa faixa etária a se assumir, o que era muito mais difícil há dez anos”, diz Carmita Abdo, coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade da Faculdade de Medicina da USP. Esse estímulo, de acordo com a reportagem, muitas vezes vem do mundo das celebridades, onde casais homossexuais vem a público falar sobre suas relações.

Carmos Dalla Vecchia e João Emanuel Carneiro estão juntos há 16 anos (Foto: Reprodução)

A revelação mais recente partiu do ator Carmo Dalla Vecchia, 50 anos, durante uma apresentação do “Super Dança dos Famosos”, do extinto “Domingão” com Fausto Silva. Em rede nacional, Carmo falou sobre sua relação de 16 anos com o autor de novelas João Emanuel Carneiro, 51. Os dois têm um filho, Pedro, de 2 anos. “Nunca escondi o fato de ser gay para as pessoas próximas. Agora me dei conta de que tinha a chance de tocar o coração de mais gente e que isso era uma responsabilidade. Também quero ser um exemplo de coragem para meu filho”, disse o ator em entrevista à VEJA

O ator Marco Nanini, 73 anos, também contou estar casado há mais de 30 anos com o produtor Fernando Libonati, com quem formalizou a união estável há dois anos. Já Lulu Santos, 68 anos, após um casamento de décadas com a jornalista Scarlet Moon, apresentou o baiano Clebson Teixeira como seu namorado em 2018 – os dois casaram no ano seguinte. O humorista Luiz Fernando Guimarães, 71 anos, também oficializou em 2019 a relação de mais de 20 anos com o empresário Adriano Medeiros, com quem acaba de adotar dois filhos, Dante, 10, e Olívia, 9.

Revelar a homossexualidade para pessoas próximas, nem sempre é algo fácil. Mas o que era um tabu, hoje é retratado na ficção e incentiva pessoas a conversarem sobre o tema com suas famílias. A enfermeira aposentada Ângela Fontes, de 69 anos, após se inspirar no casal vivido por Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg na novela “Babilônia”, resolveu contar para a família conservadora que é lésbica. Desde então, Ângela deixou de esconder seu relacionamento com Willman Rocha, 74. As duas se casaram no civil e no religioso no início de outubro. “Assumir foi como tirar uma tonelada das costas”, afirma a aposentada.

A enfermeira Ângela Fontes (à esq.) vive com Wilman Rocha há 26 anos (Foto: Reprodução)

Já o estilista mineiro Ronaldo Fraga, 54 anos, passou toda a vida adulta casado com uma mulher — até se apaixonar por um homem. Após o divorcio, conversou com seus dois filhos sobre sua orientação sexual. “Esconder não seria justo com eles, comigo e com meu namorado. Me considero bissexual, e decidi viver essa experiência porque entendo que a vida é curta, mas pode ser larga”, diz Fraga, que há três anos namora o apicultor Hoslany Fernandes.

Os brasileiros e brasileiras que começaram a revelar suas orientações sexuais acima dos 50 anos, eram jovens quando o movimento LGBTQIA+ começou a se organizar no mundo e no Brasil. A partir de 1990, quando Organização Mundial da Saúde (OMS) removeu homossexualidade da lista de doenças, a comunidade começou a conquistar seus direitos ao longo doas anos, como o casamento e a adoção. “Mais de meio século depois, o patriarcado que colocou a masculinidade em posição de poder é cada vez mais questionado”, diz a psicanalista Regina Navarro Lins.

O estilista Ronaldo Fraga (à esq.) hoje vive com Hoslany Fernandes, 37 (Foto: Reprodução)

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)