Encontro debate a exclusão de pessoas trans no esporte

De autoria do deputado estadual Altair de Moraes (PRB), o PL prevê que o “sexo biológico” seja o único critério para a participação de atletas em competições oficiais no estado de São Paulo, excluindo, portanto, pessoas trans e travestis desta esfera.

Em oposição ao PL do deputado estadual Altair de Moraes, que quer prever a exclusão de atletas transgêneros e transexuais em competições estaduais profissionais, o Projeto Todes promove um encontro no Castro Burger, em São Paulo, no início de novembro com a temática “Trans no Esporte”.

De acordo com as regras do Comitê Olímpico Internacional, os atletas trans podem participar das competições com os cisgêneros, desde que haja testes regulares e os níveis hormonais estejam de acordo com o gênero designado.

exclusão Evento para pessoas trans e não binárias em São Paulo lança luz ao tema “Trans no Esporte” e tem nome inspirado na criação do pronome de gênero neutro ILE/DILE
Matheus Vidal Foto: Divulgação

MAIS INCLUSÃO E MENOS EXCLUSÃO

Houve protesto em defesa da população trans na entrada da Assembleia Legislativa na terça-feira, dia 08/10, quando deputados se reuniram para debater critérios para as competições. A questão deve ser votada nos próximos dias. Se aprovado o projeto de lei, atletas transexuais serão proibidos de disputar partidas oficiais no Estado de São Paulo.

SERVIÇO:

DEBATE “TRANS NO ESPORTE” – PROJETO TODES
Dia: 03/11/2019 – domingo
Local: R. Joaquim Távora, 1517 – Vila Mariana, São Paulo – SP
Horário: 15h
Entrada franca

LGBT+ nos esportes: foco, força e força na peruca

Esporte é o conjunto das atividades físicas ou de jogos que exigem habilidade – pelo menos para jogadores heterossexuais. Para times LGBT+, suportar ofensas pela internet também é uma modalidade, mas que não resulta em premiação. Qualquer notícia da jogadora Tiffany, por exemplo, vem acompanhada de caixa de comentários que causa inveja à caixa de Pandora. Leia mais neste link.