This article is also available in: English

GAY BLOG BR by SCRUFF

A Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual da Secretaria da Justiça e Cidadania, sob coordenação do advogado Marcelo Gallego, abriu uma apuração de denúncia homofóbica ao apresentador do programa “Amigos do Leão”, Gilberto Barros.

A denúncia tem como base a Lei Estadual Nº 10.948/2001 que proíbe a discriminação por orientação sexual. A informação vem do site oficial da Justiça e Cidadania do Governo do Estado de São Paulo.

Gilberto Barros é denunciado por discriminação homofóbica pela Secretaria de Justiça de SP
Reprodução

Barros estava concedendo uma entrevista a Sonia Abrão e lembrou das épocas em que trabalhava na Rádio Globo, no ano de 1984: “Eu tinha que acordar duas e meia, duas horas, e quando colocava o carro na garagem tinha que presenciar beijo de língua de dois bigodes porque tinha uma boate gay ali na frente. Não tenho nada contra, mas eu também vomito, sou gente. Naquela época ainda, você imagina, recém chegado do interior. Hoje em dia, se quiser fazer na minha frente, faz, apanha os dois, mas faz”.

“Não é admissível que alguém, especialmente na imprensa, incentive a violência contra LGBT. Vai responder penal e administrativamente e vai aprender pela lei a respeitar nossa população”. – disse William De Lucca, jornalista e ativista LGBT que também denunciou Barros.

“É inaceitável que em pleno século 21 a gente ainda seja ameaçado por fazer algo que qualquer pessoa heteronormativa faz tranquilamente, sem qualquer incômodo. Precisamos coibir esse tipo de postura, mas, mais que isso, promover ações políticas e de reparação às violências contra a população LGBT”.

Gilberto Barros desapareceu das redes sociais desde seu discurso homofóbico, mas reapareceu pedindo apoio aos seguidores dizendo que “o bicho vai pegar”: Fiquem espertos e me apoiem, me ajudem, porque eu faço isso aqui não é para mim não. Eu faço isso aqui para justamente combater o que estaria acontecendo com as pessoas de bem desse país, sendo policiadas, perseguidas, mas como é comigo eu não vou reclamar. Eu só espero e sempre esperei que, como eu defendo os amigos, meus amigos também, sabendo quem sou, estejam do meu lado, porque o bicho vai pegar”.

Plataforma viabiliza assessoria jurídica gratuita para pessoas LGBTQIA+

This article is also available in: English

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".