GAY BLOG BR by SCRUFF

O ator Ian McKellen (82), mais conhecido por ter sido Gandalf nos filmes de “O Senhor dos Anéis” e o vilão Magneto em X-Men, concedeu uma entrevista ao programa Front Row, da Rádio BBC 4, dizendo que ter sido pioneiro em expor sua homossexualidade no ano de 1988 trouxe pelo menos um prejuízo à sua carreira.

Sem entrar em muitos detalhes, McKellen disse que perdeu um papel oferecido pelo diretor Harold Pinter, sendo que ele foi “convidado a deixar o escritório”. “E Harold Pinter – uma indicação de quão intensa a homofobia pode ser -, o grande lutador dos direitos humanos, aceitou essa decisão”, contou.

O pedido de desculpas só veio em 2018. “Esta o incomodando. Não direi o que foi, quando, ou que ator desempenhou meu papel, e não atribuo a culpa a ninguém”, completou. Vários filmes de Pinter da época se encaixam na descrição, incluindo “A decadência de uma espécie” e “O Processo”.

Ian McKellen conta que perdeu um papel no cinema após relevar ser gay
Reprodução

Apesar da perda de alguns papéis, ele também afirma que a carreira nos cinemas realmente “decolou” após ele expor que é gay publicamente, o que aumentou sua visibilidade e também melhorou sua interpretação.

“É de se admirar que minha atuação tenha melhorado? Melhorou, quase da noite para o dia. Agora minha atuação não é sobre disfarce, mas sobre revelação”, disse na época.

McKellen é co-fundador do grupo de Stonewall, que faz campanhas pelos direitos dos homossexuais. Quando lançava O Código Da Vinci no Festival de Cannes, fez piadas quando perguntado sobre a polêmica do filme com a Igreja Católica: “Sei que a Igreja tem problema com os gays. Essa é uma boa notícia para eles: Jesus não era gay!” 

Vale dizer que em dezembro de 2020 ele se vacinou contra o coronavírus no Queen Mary´s University Hospital, em Londres, utilizando um cachecol com as cores do arco-íris em alusão a comunidade LGBTQIA+. Por fim, ele afirmou em uma entrevista de 2015 que ele deveria ter saído do armário antes.

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"