GAY BLOG BR by SCRUFF

O Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero divulga lista de filmes selecionados para concorrerem ao ao Troféu Elke Maravilha, ao prêmio João Nery e ao Júri da Crítica. São 12 longas-metragens, sendo 5 brasileiros, o dobro da edição anterior.

Segundo a produção do evento, o aumento do número de filmes se deve à urgência em dar visibilidade à produções brasileiras, que vive um momento muito rico e premiado internacionalmente. Entre os 32 curtas-metragens selecionados (em 2019 foram 30), 23 são brasileiros. Para este 2020, o Festival recebeu 1.479 inscrições de obras audiovisuais de 98 países.

A edição do For Rainbow acontecerá em formato virtual. O público poderá conferir, gratuitamente, os filmes e as demais atrações desta edição, por meio do canal oficial do Festival no Youtube. Objetivo é respeitar as normas de distanciamento social necessárias para garantir tanto a saúde do público, como a dos próprios realizadores.

Mais de 40 filmes LGBTs estarão no streaming do festival "For Rainbow", confira os títulos
Filme “Prazer em Conhecer” é um dos selecionados. Imagem: Reprodução

LONGAS SELECIONADOS 14° FOR RAINBOW

  • 7 Minutes – França – dir.: Ricky Mastro
  • Red Yellow Pink – Áustria – dir.: Jolanta Warpechowski
  • Mães do Derick- Brasil – dir.: Dê Kelm
  • II – Bielorússia – dir.: Vlada Senkova
  • Tahara – Estados Unidos – dir.: Olivia Peace
  • A WHITE WINTER – Italia – dir.: Carlo Chiaramonte
  • Prazer em conhecer – Brasil – dir.: Susanna Lira
  • As Cores do Divino – Brasil – dir.: Victor Costa Lopes
  • El Laberinto de las Lunas – Argentina – dir.: Lucrecia Mastrangelo
  • TRANS RESISTANCE – Espanha – dir.: Claudia Reig
  • LIMIAR – Brasil – dir.: Coraci Ruiz
  • Advento de Maria – Brasil – dir.: Vinicius Machado

CURTAS SELECIONADOS 14° FOR RAINBOW

  • Bhoreal – Brasil/RJ – dir.: Bernardo de Assis
  • ALGO_1 – Brasil/SP – dir.: Diego Martins
  • A vapor – Brasil/CE – dir.: Sávio Fernandes
  • O que pode um corpo?- Brasil/RS – dir.: Victor de Marco e Marcio Picoli
  • CLOVITO 2069 – Brasil/MT – dir.: João Manteufel
  • Os Últimos Românticos do Mundo – Brasil/PE – dir.: Henrique Arruda
  • Hoje eu não saio do vestiário – Brasil/ PR – dir.: Nicole Lopes
  • Islas – Argentina – dir.: Mauricio Sandoval Ron
  • The Golden Gate – Estados Unidos – dir.:Pietro Pinto
  • Mall – Alemanha – dir.: Jerry Hoffmann
  • Fotos Privadas – Brasil/RJ – dir.: Marcelo Grabowsky
  • So long, Paris! – França – dir.: Charles Dudoignon-Valade
  • Homens invisíveis – Brasil/RJ – Luis Carlos de Alencar
  • Ela que mora no andar de cima – Brasil/PR – dir.: Amarildo Martins
  • De Vez em quando eu Ardo – Brasil/RN – dir.: Carlos Segundo
  • O mistério da carne – Brasil/SP – dir.: Rafaela Camelo
  • Quebramar – Brasil/SP – dir. Cris Lyra
  • Prom Date – Reino Unido – James Buck
  • Vó, a Senhora é Lésbica? – Brasil/RJ – dir.: Larissa Lima, Bruna Fonseca
  • Letícia, Monte Bonito, 04 – Brasil/RS – dir.: Julia Regis
  • Sina Alexa, Xander at Ang Universe – Filipinas – dir.: Vahn Leinard C. Pascual
  • Balizando 2 de Julho – Brasil/BA – dir.: Marcio Lima, Fabíola Aquino
  • Itinerâncias de Gênero – Brasil/CE- dir.: Alexandre Vale
  • Batom vermelho -Brasil/PB- dir.: R.B. Lima
  • Desyrrê – Brasil/PB- dir.: Coletivo Documentando
  • Nicki – Irã – dir.: Saman Haghighivand
  • Para Verônica – Brasil/SP – dir.: Fran Lipinski
  • God’s Daughter Dances – Coréia do Sul – dir.: Sungbin Byun
  • Inabitáveis – Brasil/ES – dir.: Anderson Bardot
  • Un Trono para Miss Gana – Espanha- dir.: David Munoz
  • Perifericu – Brasil/SP – dir.: Nay Mendl, Rosa Caldeira, Vita Pereira, Stheffany Fernanda
  • IAUARAETE – Brasil – dir.: Xan Marçall

TROFÉU ELKE MARAVILHA:

  • Longa-Metragem
  • Média ou Curta-Metragem Brasileiro
  • Média ou Curta-Metragem Estrangeiro
  • Melhor Filme
  • Melhor Diretor
  • Melhor Roteiro
  • Melhor Ator
  • Melhor Atriz
  • Melhor Fotografia
  • Melhor Montagem
  • Melhor Arte
  • Melhor Som
  • Melhor Trilha Sonora

    PRÊMIO JOÃO NERY

    Reconhecimento a produções que abordam a militância LGBTI+ e o reflexo positivo dessa atuação na vida das pessoas.

    TROFÉU ARTUR GUEDES

    Reconhecimento a pessoas que lutam pelos direitos humanos, dentre estes o respeito à diversidade sexual e de gênero. Criado pelo artista plástico José Tarcísio, o troféu é uma homenagem ao ator, dramaturgo e poeta cearense Artur Guedes.

JÚRI DA CRÍTICA:

  • Melhor Longa
  • Melhor Curta

SERVIÇO:

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".