GAY BLOG BR by SCRUFF

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul indiciou, nesta segunda-feira, 24 de janeiro, a ex-funcionária da rede de farmácias São João que enviou um áudio para suas equipes praticando o crime de homofobia. O inquérito foi remetido ao Poder Judiciário da Comarca de Tramandaí, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Na ocasião, a funcionária, que não teve seu nome revelado, disse em um áudio de WhatsApp: “Se pegar alguém, com todo respeito, v14d0 e tudo mais, tem que ser uma pessoa alinhada, que não vire a mão e desmunheque”.

Além disso, ela também foi acusada de gordofobia ao pedir para que a empresa evite contratar pessoas “muito gordas”, e que também evitem “muito tatuadas”.

“Feio e bonito é o mesmo preço, né, gente. Então, vamos cuidar muito nas nossas contratações. Pessoas muito tatuadas, você sabem que a empresa não gosta. A questão piercing na língua, no nariz, na testa, não pode, a gente lida com saúde. Pessoas muito gordas, vocês sabem. Cuidem as aparências, cuidem as aparências”, disse no áudio.

“Vamos cuidar as equipes que a gente vai pegar. Vamos pegar gente com a aparência boa, com disposição, com vontade. Eu tenho feito as entrevistas para as lojas de Imbé e tem muita gente boa disponível no mercado”, continuou.

“Então, não esqueçam: feio e bonito a gente vai pagar o mesmo preço, então vamos pegar os bonitos, né. Porque não somos bobos nem nada. Então, por favor, conto com vocês”, finaliza.

Na ocasião, a mulher foi demitida da empresa e prestou depoimento à Polícia alegando que estava “sobrecarregada de trabalho e problemas pessoais”, e negou ter sido orientada pela empresa para discriminar algum candidato. Ela também entregou à polícia o celular funcional, em que enviou a mensagem.

Já a empresa se manifestou por nota na época informando que abriu uma sindicância interna, confirmando o envio da mensagem, mas que esta não tinha conhecimento da direção. A rede endossou que a política interna “repudia veementemente toda e qualquer forma de preconceito”.

Polícia gaúcha indicia ex-funcionária de farmácia por áudio homofóbico
Reprodução



Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"