A Coordenação de Políticas para LGBTI de São Paulo comunica que, mesmo com a pandemia do coronavírus, os Centros de Cidadania LGBTI seguem abertos à população. A informação veio para combater a fake news que dizia que os centros estavam fechados.

View this post on Instagram

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo, por meio da Coordenação de Políticas para LGBTI, esclarece que os Centros de Cidadania permanecem abertos oferecendo os serviços de assistência social, psicologia, orientações jurídicas e pedagógicas entre outros serviços. Reiteramos que neste momento de pandemia na cidade de São Paulo, equipamentos como os Centros de Cidadania LGBTI são essenciais para dar apoio à comunidade LGBTI e agir em casos de violações de direitos humanos. Qualquer mensagem, vídeo ou postagem que circule pelas redes sociais dizendo que os Centros de Cidadania LGBTI estão fechados, não acreditem, pois isto é uma fake news. Em tempos difíceis como este que estamos vivendo, mesmo em isolamento social, devemos ser solidários uns com os outros, não se aproveitar da situação para criar medo e pânico espalhando mensagens falsas. Como orientado por órgãos e entidades de saúde, bem como o decreto municipal que determina evitar concentração ou aglomerações de pessoas no mesmo espaço, as rodas de conversas, encontros pedagógicos, bem como as demais ações do Programa Transcidadania, encontram-se suspensas. Esclarecemos também que o Programa Transcidadania permanece ativo, as beneficiárias e beneficiários do programa continuam a receber a bolsa. Em caso de dúvidas ou necessidades específicas de cada beneficiária, eles e elas poderão procurar o atendimento do Centro de Cidadania LGBT por telefone e caso necessário também poderão ir fisicamente mediante a agendamento. Veja abaixo os contatos dos Centros de Cidadania LGBTI e seu horário de funcionamento: Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont (Zona Leste) 2032-3737 (seg. a sex. das 11h às 20h) Centro de Cidadania LGBTI Luana Barbosa dos Reis (Zona Norte) 3951-1090 (seg. a sex. das 09h às 18h) Centro de Cidadania LGBTI Edson Néris (Zona Sul) 5523-0413 (seg. a sex. das 09h às 18h) #SMDHC #Direitoshumanos #Cidadania #SaoPaulocomReSPeito #PrefeituraSP #InclusaodaDiversidade #DireitosLGBTI #CidadedeSaoPaulo #JuntosSomosMaisFortes

A post shared by Coord. de Políticas para LGBTI (@politicaslgbti) on

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo, por meio da Coordenação de Políticas para LGBTI, esclarece que os Centros de Cidadania permanecem abertos oferecendo os serviços de assistência social, psicologia, orientações jurídicas e pedagógicas entre outros serviços.
Reiteramos que neste momento de pandemia na cidade de São Paulo, equipamentos como os Centros de Cidadania LGBTI são essenciais para dar apoio à comunidade LGBT+ e agir em casos de violações de direitos humanos.
Qualquer mensagem, vídeo ou postagem que circule pelas redes sociais dizendo que os Centros de Cidadania LGBTI estão fechados, não acreditem, pois isto é uma fake news. Em tempos difíceis como este que estamos vivendo, mesmo em isolamento social, devemos ser solidários uns com os outros, não se aproveitar da situação para criar medo e pânico espalhando mensagens falsas.
Como orientado por órgãos e entidades de saúde, bem como o decreto municipal que determina evitar concentração ou aglomerações de pessoas no mesmo espaço, as rodas de conversas, encontros pedagógicos, bem como as demais ações do Programa Transcidadania, encontram-se suspensas.
Esclarecemos também que o Programa Transcidadania permanece ativo, as beneficiárias e beneficiários do programa continuam a receber a bolsa. Em caso de dúvidas ou necessidades específicas de cada beneficiária, eles e elas poderão procurar o atendimento do Centro de Cidadania LGBT por telefone e caso necessário também poderão ir fisicamente mediante a agendamento.

Veja abaixo os contatos dos Centros de Cidadania LGBTI e seu horário de funcionamento:

Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont (Zona Leste)
2032-3737
(seg. a sex. das 11h às 20h)

Centro LGBTI Luana Barbosa dos Reis (Zona Norte)
3951-1090
(seg. a sex. das 09h às 18h)

Centro  LGBTI Edson Néris (Zona Sul)
5523-0413
(seg. a sex. das 09h às 18h)

Departamento de Políticas para LGBTI da Prefeitura de São Paulo é premiado na categoria “Iniciativa do Ano”

O QUE SÃO CENTROS DE CIDADANIA LGBTI?

Segundo o site oficial da prefeitura de São Paulo, os centros desenvolvem ações permanentes de combate à homofobia e respeito a diversidade sexual, sendo uma iniciativa da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, por meio da Coordenação de Políticas para LGBTI, realizada em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Os centros atuam a partir de dois eixos:

Defesa dos Direitos Humanos: atendem vítimas de violência, preconceito e discriminação.

Promoção da Cidadania: suporte e apoio aos serviços públicos municipais da região central, mediando conflitos, palestras e sensibilização de servidores.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".