GAY BLOG BR by SCRUFF

No dia 29 de janeiro será comemorado o Dia da Visibilidade Trans. Para marcar a data, a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), promove uma programação especial de atividades na capital paulista. A programação da Semana da Visibilidade Trans inclui a divulgação, na sexta-feira, dos resultados da fase quantitativa do primeiro mapeamento Trans realizado na cidade de São Paulo. Os pesquisadores ouviram 1650 pessoas trans de diversos bairros.

Ainda na sexta-feira, no encerramento da programação, haverá o lançamento da placa de reinauguração do Centro de Referência de Defesa da Diversidade CRD, que passa da administração da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, para a SMDHC, e recebe o nome de Brunna Valin, em homenagem à ativista trans morta em 2020.

Nesta quarta-feira, (27/1) às 16h, será realizada nas redes sociais da SMDHC (Youtube e Facebook) a live “Como fazer a trans formação na cultura das empresas”, um bate papo importante para o reconhecimento das dificuldades de acesso que a população trans enfrenta no mercado de trabalho e as barreiras a serem derrubadas quando inseridas no ambiente corporativo. Participarão do bate papo as ativistas Aline Moreira, Gabriella Bueno e Fê Maidel, com a mediação de Ricardo Olimpio.

Dados da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA), revelam que para a maioria das pessoas trans, o mercado de trabalho formal ainda é sinônimo de uma luta a ser vencida. Um último levantamento informa que no Brasil, 90% desta população tem a prostituição como fonte de renda e possibilidade de subsistência.

“A População Trans é um dos grupos sociais mais vulneráveis da cidade, seja à violência, à discriminação e ao preconceito que o machismo e a transfobia exercem ainda nos dias de hoje. A gestão municipal tem um olhar muito atento para o combate a esse tipo de discriminação e por isso o investimento nesse programa, que na realidade é um programa de garantia de direitos”, explica a secretária municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Claudia Carletto.

O Programa Transcidadania da Prefeitura de São Paulo, sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, oferece uma bolsa mensal para pessoas trans que se comprometem a buscar a progressão escolar, nas escolas públicas referenciadas, que oferecem um ambiente mais propício para essa diversidade. O Programa é descentralizado nos Centros de Cidadania LGBTI da prefeitura, onde as participantes têm apoio psicológico e de assistência Social, reforço escolar, e cursos e oficinas de capacitação para aumentar as chances de entrada no mercado de trabalho formal.

De terça a sexta-feira, 26 a 29/01, serão promovidos eventos na forma de lives sobre diversos aspectos da temática da transexualidade, abordando políticas públicas relacionadas a questões de enfrentamento ao preconceito e à violência, atendimento e tratamento de saúde e dificuldades de mulheres transexuais e homens trans para se inserir no mercado de trabalho. Por conta dos cuidados necessários para prevenção da Covid-19, os eventos serão todos online e transmitidos pelas redes sociais da SMDHC.

SERVIÇO SEMANA VISIBILIDADE TRANS

27/01, quarta-feira às 16h

  • Live: Como fazer a trans formação na cultura das empresas
  • Convidados: Aline Moreira, Gabriella Bueno, Fê Maidel
  • Mediador: Ricardo Olimpio
  • Link do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=-fiG6Wbq1lg
    Link do Facebook: será criada no dia

Data 28/01 às 19h00

  • Debate: A saúde e as dificuldades da pessoa trans
  • Convidados: Dr. Ricardo Martins CRT, Pedro Pires (psicólogo), Dr Daniel Mori
  • Mediadora: Fê Maidel
  • Link do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=8vaZ9X4NaNY
  • Link do Facebook: será criada no dia

Data: 29/01 às 14h00 – Dia da Visibilidade Trans

  • Apresentação do Resumida do Relatório da 1° Fase do Mapeamento Trans
    – Abertura com coordenador de políticas para LGBTI Mansur Bassit
    – Fala da Secretária Ana Cláudia Carletto
    – Fala do Vereador Eduardo Suplicy
    – Apresentação do Relatório pelo pessoal do CEDEC
  • Link do Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=Ddfj5DVO05k
  • Link do Facebook: será criado no dia

Data: 29/01 às 15h00 – Dia da Visibilidade Trans

  • Lançamento do Calendário Trans 2021
  • Organização: Centro de Cidadania LGBTI Claudia Wonder
  • Convidada: Jogê Pinheiro – artista e jornalista
  • Instagram: @casarao_brasil @politicaslgbti

Data 29/01 às 18h00

  • Evento presencial, fechado, para marcar a transição do CRD da SMADS para a SMDHC e a inauguração da Placa com o nome CRD Brunna Valin.
  • Convidados: Secretária Claudia Carletto, Floriano Pesaro, Eduardo Barbosa e equipe da coordenação de Políticas para LGBTI.
  • Com transmissão ao vivo pelo Facebook e Youtube da SMDHC

Centro de Cidadania Edson Neris

  • Exposição de Histórias de Vida e Mural Trans
    Data: 26 a 29/01 das 9h às 18h
  • Curadoria e apresentação de vídeos
    Data: 26 a 29/01 das 9h às 18h

Centro de Cidadania Luana Barbosa

Organização da Parada Gay

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".