Belas Artes faz programação com filmes nacionais premiados com temática LGBT+

Filmes selecionados a dedo! O projeto “Petra Belas Artes da Diversidade”, ação em parceria com a distribuidora O2 Play e que marca o Mês do Orgulho celebrado em todo o mundo, começa no próximo dia 5. As sessões especiais acontecem todas às quartas-feiras de junho, às 20 horas. Serão exibidos quatro longas-metragens ainda inéditos e até premiados em festivais internacionais.

filmes Frame de Copa 181
Frame de Copa 181

Para informações sobre ingressos, acesse este link.

5 de junho, 20 horas

“Socrates”- direção Alex Moratto

O filme conta a poderosa história de um jovem negro, homossexual e morador da periferia de Santos  que precisa sobreviver por conta própria após a morte de sua mãe. Ainda inédito nos cinemas brasileiros, o longa-metragem foi premiado na 34ª edição do The Independent Spirit Awards 2019, considerado o “Oscar do cinema independente”, com o Someone to Watch Award para o diretor Alex Moratto. No Brasil, foi o grande vencedor do 26º Festival Mix Brasil.

12 de junho, 20 horas

“45 dias sem você”, direção Rafael Gomes

Em “45 dias sem você” conhecemos Rafael, que espera 45 dias por um amor que não retorna. Para curar seu coração partido, decide exilar‐se de si mesmo e parte rumo a três diferentes destinos. Em três capítulos, vemos o protagonista conviver com amigos que, por motivos diversos, abandonaram o mundo em que viviam: Júlia na Inglaterra, Fábio em Portugal e Mayara na Argentina. Com o ator Ícaro Silva (“Verão 90” e “Coisa Mais Linda”), foi selecionado para os festivais Cinema Diverse: The Palm Springs LGBTQ Film Festival 2018, OUTShine Film Festival 2018, San Antonio QFest – LGBT International Film Festival 2018, para a Mostra Competitiva de Longas-Metragens do Festival Mix Brasil (2018) e para o encerramento do Curta Santos 2018.

19 de junho, 20 horas

“Copa 181”, direção Dannon Lacerda

Ainda inédito nos cinemas, “Copa 181” conta a história de Taná que vive com a esposa Eros em Copacabana, no Rio de Janeiro. Enquanto ele trabalha numa pequena loja de materiais de construção, ela dedica-se à carreira de cantora de ópera. Aparentemente, a rotina segue seu curso sem grandes novidades até que um espaço – a sauna gay Copa 181 – e os seus garotos de programa e frequentadores afetam a vida do casal.

26 de junho, 20 horas

“Intimidade Pública” direção Luciana Canton

Inédito nos cinemas, o filme apresenta quatro histórias durante as quatro estações do ano: um menino que se descobre gay e precisa lidar com sua própria homofobia, uma prostituta que tenta viver em um casamento ao passo em que mantém sua profissão, uma professora transexual que se envolve com dois alunos e uma mulher que se relaciona com alguém que já morreu. O longa recebeu prêmios na Toronto Film Week, no Manhattan Independent Film Festival, no Dona i Cinema International Film Festival, no Queer Hippo International LGBT Film Festival, no Manchester Film Festival e ainda no Los Angeles Diversity Film Festival.

Para informações sobre o preço dos ingressos, acesse:
https://www.cinebelasartes.com.br/

Confira os ganhadores do Festival Mix Brasil 2018

COELHOS DE OURO

Prêmio do Júri da Mostra de Filmes Competitiva Brasil

  • Melhor Longa-Metragem Brasileiro: SÓCRATES, de Alex Moratto
  • Melhor Curta-Metragem Brasileiro: REFORMA, de Fábio Leal

INCENTIVO: O longa e o curta premiados com o Coelho de Ouro também receberão os prêmios DOTCINECTAV e MISTIKA de incentivo à realização de seus novos projetos audiovisuais através da parceria do Festival Mix Brasil com apoiadores da área cinematográfica.

COELHOS DE PRATA

Prêmio do Júri da Mostra Competitiva Brasil para Filmes Curtas-metragens

  • Melhor Direção: Fábio Leal, por REFORMA
  • Melhor Roteiro: Fábio Leal, por REFORMA
  • Melhor Interpretação: Carol Dall Farra, por MC JESS
  • Menção Honrosa: KIBE LANCHES, de Alexandre Figueirôa

Prêmio do Júri da Mostra Competitiva Brasil para Filmes Longas-metragens

  • Melhor Direção: Alex Moratto, por SÓCRATES
  • Melhor Roteiro: Ary Rosa, por ILHA
  • Melhor Interpretação: Christian Malheiros, por SÓCRATES
  • Menção Honrosa: LEMBRO MAIS DOS CORVOS, de Gustavo Vinagre

Prêmio do Público para Filmes

  • Melhor Curta-Metragem Nacional: DO LADO DILLAH, de Washington Calegari
  • Melhor Curta-Metragem Internacional: MARGUERITE, de Marianne Farley (Canadá)
  • Melhor Longa-Metragem Nacional: BIXA TRAVESTY, de Claudia Priscilla Kiko Goifman
  • Melhor Longa-Metragem Internacional: CONQUISTAR, AMAR E VIVER INTENSAMENTE, de Christophe Honoré (França)

PRÊMIOS ESPECIAIS

• Prêmio Ícone Mix: João W. Nery

  • Prêmio Show do Gongo: Vinícius Yamada, com carnavrau.ppt
  • Prêmio Suzy Capó: o filme ALFREDO NÃO GOSTA DE DESPEDIDAS, de André Medeiros Martins
  • Prêmio Canal Brasil de Incentivo ao Curta Metragem: AQUELES DOIS, de Émerson Maranhão 
  • Prêmio Encripta: O SUSSURRO DO JAGUAR, de Thais Guisasola e Simon(e) Jaikiriuma Paetau
  • Prêmio Ida Feldman: Julia Katharine, atriz de LEMBRO MAIS DOS CORVOS e diretora de TEA FOR TWO

Comente