GAY BLOG BR by SCRUFF

O ex-jogador Neto respondeu em seu quadro “Neto Responde” que já teve muitos amigos gays dentro do futebol, mas que eles nunca “saíram do armário” para não enfrentarem preconceito e discriminação da sociedade. As informações são da Band.

“Já tive vários amigos gays no futebol. Só que assim, da época que eu jogava, eles sempre ficaram muito no armário. Esse preconceito com a orientação sexual vem melhorando muito agora, mas muitos ficaram no armário, é muito triste”, revelou Neto, acrescentando que acredita que o mundo está mudando para melhor nos últimos tempos.

Neto já se manifestou diversas vezes favorável aos LGBTQIA+. No dia do orgulho, dia 28 de junho, ele disse em seu programa “Os Donos da Bola” que os LGBTs são “melhores que os héteros”.

“Acho que esse mundo precisa aprender que a gente não tem que ter preconceito com absolutamente nada. Hoje é o Dia Internacional do Orgulho LGBT…. Dizer a importância da gente ser uma pessoa melhor. Tantas pessoas morrem em relação a orientação sexual; a gente tem que ter o orgulho de poder ter essas imagens. A gente precisa disso. O mundo precisa disso. Vocês são muito melhores do que as pessoas héteros, que acham que mandam no mundo, e que não mandam nada”, disse.

Anteriormente, Neto fez críticas ao jornalista Sikêra Jr, quando este último chamou os LGBTQIA+ de “raça desgraçada” ao criticar a campanha do Burger King que mostra crianças falando sobre o universo LGBT.

Neto sobre ex-colegas gays no futebol: "Muitos ficaram no armário, é muito triste"
Reprodução

“A gente não pode, por exemplo, ter esse jornalista, que é o Sikêra Júnior, falar o que ele falou sobre os homossexuais, sobre aquilo do Burger King…Parabéns, Burger King! Por sinal, vocês arrebentaram. Parabéns para vocês!” , disse.

Após perder patrocinadores, o Sikêra Jr pediu desculpas, mas Neto disse que tal atitude é oportunista: “Sabe por que ele pediu desculpa? Porque os patrocinadores saíram fora de lá. Ou você pensa assim, ou você não pensa, irmão! Ou você é homem, ou não é homem…não adianta você falar para ganhar dinheiro do governo”, provocou, acrescentando também que o Sikêra “vai ver só”, caso o encontre em algum lugar.

“É seu pensamento esse?” – disse Neto – “Se for seu pensamento, espero que você não me encontre. O dia que você me encontrar, em qualquer lugar, você vai ver só. Ou até o dono da RedeTV aí, qualquer um de vocês que pensar assim [se] falassem isso mano a mano. Aí, depois, quando a corda vem no seu pescoço, pede desculpa. Desculpa nada. O seu pensamento é esse. Você é homofóbico” 

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"