Mandar nudes já pode ser considerado fonte de renda. Tem gente desinibida ganhando dinheiro com fotos e vídeos íntimos em uma rede social: OnlyFans.

GAY BLOG BR by SCRUFF

Funciona assim: o exibicionista publica seus conteúdos no app (que lembra bastante o Instagram) e escolhe um valor de assinatura para os fãs terem acesso aos posts. O preço da assinatura mensal é escolhido pelo usuário criador do conteúdo. Os usuários têm cobrado uma média de US$ 2 a 20 dólares de cada um de seus seguidores. O pagamento é feito pelo Paypal e a empresa fica com 20% do valor arrecadado.

Ross Norton (Foto: reprodução) nudes
Ross Norton (Foto: reprodução)

Entre os perfis em destaque na rede social “Only Fans”, estão Ross Norton, Ryan Young e o brasileiro Rodiney Santiago.

O modelo Ryan Young também usa o app (Foto: reprodução)
O modelo Ryan Young também usa o app (Foto: reprodução)

A plataforma também tem sido utilizada para outros conteúdos além de nudes, como videoaulas educacionais, tutoriais diversos e afins.

Para quem quiser se cadastrar na rede social: https://onlyfans.com

Alexandre Frota após filho abrir conta no Only Fans: ‘Vou ver se ficou bom’

HISTÓRIA DO ONLYFANS

A Fenix ​​International Limited lançou o OnlyFans em 2011 como um site para artistas. O modelo de negócio sempre visou permitir que os fãs se tornassem assinantes de uma taxa mensal para ver clipes e fotos. O OnlyFans monitora os usuários e investiga as reclamações, enquanto os problemas com direitos autorais são tratados por meio do DMCA.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

2 COMENTÁRIOS