This article is also available in: Español

GAY BLOG BR by SCRUFF

Nesta semana, o Dr. Vinicius Lacerda (@drvinilacerda), médico cirurgião do aparelho digestivo e coloproctologista, trouxe respostas às dúvidas de leitores sobre sexo anal. Com enfoque no público LGBTQIA+, Lacerda esclarece sobre chuca, beijo grego e outros assuntos.

sexo anal
Foto: reprodução

Fazer ducha em excesso, antes do sexo anal, pode causar danos ao reto? 

Sim. O excesso de água corrente no reto e no intestino pode ressecar a mucosa, modificar a microbiota (flora intestinal) e causar micro lesões que podem servir de porta de entrada para infecções sexualmente transmissíveis (IST). Além disso, a água da torneira possui uma osmolaridade diferente do sangue, o que pode causar distúrbios da água e sais minerais quando absorvidas. Por isso o ideal é realizar lavagens com pouca quantidade de água, suficiente para lavar apenas o reto (200 a 300ml). Evitar duchas compartilhadas sem higienizá-las, e se possível preferir reservatórios descartáveis para água ou os enemas vendidos em farmácia.

Posso causar ferimentos sérios se introduzir objetos no ânus, como garrafas etc? 

Sim. As garrafas podem quebrar se forem de vidro e, por não terem uma base mais larga, podem ser introduzidas totalmente e ser necessária a sua retirada em centro cirúrgico. Sempre utilize acessórios e brinquedos feitos para isso, normalmente vendidos em sex shops e sites especializados, que devem ter uma base mais larga (pode até ser o modelo que tem um saco escrotal), que deve sempre ficar para fora do ânus, travando a sua entrada completa.

Na ausência de um lubrificante, posso usar xampu ou creme hidratante no sexo anal? 

Prefira sempre lubrificantes a base de água ou silicone, que são seguros para usar com preservativo. Óleos de coco ou amêndoas são opções, porém eles podem danificar o látex da camisinha. É bom evitar esses produtos cosméticos, pois eles não lubrificam bem e podem causar irritação da pele ao redor do ânus, que é muito sensível.

Curto fazer beijo grego, posso pegar alguma doença por causa disso? 

Sim, várias IST, como Clamídia, gonorréia, sífilis, herpes e HPV. Além  disso, o sexo oral-anal está associado com a transmissão de parasitores intestinais, como a giárdia e a ameba, e também da hepatite A, que possui uma vacina. Quem puder, é interessante tomar a vacina, são duas doses. Existem alguns métodos de barreira que podem ser usados na boca e língua para fazer o cunete, como o dental dam, mas sabemos que poucos usam. O ideal é procurar atendimento caso apresente algum sintoma, como feridas, sangue ou muco nas fezes, dor abdominal e/ou diarreia, para tratar precocemente.

Fazer sexo anal na praia pode causar alguma alergia ou algo do tipo?

O pior é o atrito que pode machucar. Caso você tenha essa fantasia, tente evitar o contato da areia com as partes íntimas (ânus, pênis ou vagina).

https://www.instagram.com/p/CC_jDc-Her8/

Dr. Vinicius Lacerda (@drvinilacerda)
– Médico cirurgião do aparelho digestivo e coloproctologista, com enfoque no público LGBTQIA+. Para acompanhar: Instagram e Twitter.

This article is also available in: Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.