Globo exibe beijo gay em ‘Sob Pressão’ no dia em que STF tem maioria contra LGBTfobia

Na última quinta-feira (23), foi ao ar na série "Sob Pressão" a cena de um beijo entre os personagens Kleber (Kelner Macêdo) e Décio (Bruno Garcia)

Coincidindo com o dia em que Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para enquadrar a homofobia e a transfobia como crimes, a série ‘Sob Pressão’ exibiu cena dos personagens Kleber (Kelner Macêdo) e Décio (Bruno Garcia) fazendo uma “manifestação razoável de afetividade em local público“.

Na sequência de imagens da série “Sob Pressão”, Kleber chega ao hospital após ser agredido em uma balada por ser soropositivo. Quem o atende na emergência é Décio. Após receber alta, Kleber aborda Décio na porta do hospital e rouba um beijo.

Em entrevista ao G1, Bruno Garcia assumiu que não tem masculinidade frágil: “Zero problema em dar um beijo na boca de outro homem, pelo contrário, é até um desafio dramatúrgico maravilhoso“, declarou.

6 dos 11 ministros já votaram a favor da criminalização da homofobia

Os ministros Celso de Mello, Edson Fachi, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux reconheceram oficialmente, na quinta-feiram, a omissão do Congresso em legislar sobre a criminalização da homofobia e determinar o enquadramento desta prática ao crime de racismo.

Este foi quinto dia de julgamento sobre condutas discriminatórias contra LGBTIs. As ações pedem a criminalização de todas as formas de ofensas, agressões e discriminações motivadas pela orientação sexual e/ou identidade de gênero, real ou suposta, da vítima. A análise será retomada no dia 5 de junho com os votos de cinco ministros.

Caso não haja mudanças, a homofobia passará a ser punida nos termos da lei do racismo até que o Congresso crie uma lei para tratar do assunto.

Lembrando também que nesta semana a criminalização da homofobia foi aprovada na CCJ do Senado, a PL672/ 2019.

2 COMENTÁRIOS

Comente