GAY BLOG BR by SCRUFF

Na última quarta-feira (27), o Minas Tênis Clube anunciou a demissão do atleta Maurício Souza através de um comunicado. A decisão veio após uma publicação homofóbica postada pela central do time nas redes sociais, em 12 de outubro, em que criticava a bissexualidade do novo Superman da DC Comics. “A é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar…”, comentou o jogador, nas redes sociais.

 

A publicação gerou reação de Douglas Souza que é homossexual e, assim com Maurício, defende a Seleção Brasileira. “Engraçado que eu não virei heterossexual vendo os super-heróis homens beijando mulheres. Se uma imagem como essa te preocupa, sinto muito, mas eu tenho uma novidade pra sua heterossexualidade frágil. Vai ter beijo sim. Obrigado DC por pensar em representar todos nós e não só uma parte”, publicou. 

Após o episódio e a repercussão, o Minas Tênis Clube posicionou-se defendendo a liberdade dos atletas de se expressarem livremente em suas redes sociais. A atitude foi confrontada pelas patrocinadoras da equipe, que pediram “medidas cabíveis” ao clube. Em reunião entre dirigentes do time e Maurício Souza, o clube decidiu multar e afastar o atleta por tempo indeterminado e recomendou que ele se retratasse pela publicação.

Antes do desligamento do time, Maurício Souza já havia se pronunciado, através do Instagram, sobre o ocorrido. “Não sei se o que eu fiz foi algum crime. Se fosse crime, a polícia já tinha vindo aqui em casa me prender. Acho que não foi crime nenhum o que fiz. Foi apenas defender o que acredito e colocar a minha opinião em cima disso. Se isso ofendeu alguém, mais uma vez peço desculpas“, disse o jogador em um vídeo publicado na rede social, no início da tarde da última quarta-feira (27).

Após pressão de patrocinadores, jogador de volêi Maurício Souza é afastado do time
(Foto: Reprodução)

Horas antes do clube mineiro comunicar a saída do jogador de vôlei, Jair Bolsonaro (sem partido) reagiu à notícia  do, até então, afastamento de Maurício Souza das quadras. “Puta que o pariu, impressionante, né? Tudo é homofobia, tudo é feminismo”, disse Bolsonaro, antes de participar de uma entrevista na emissora Jovem Pan News. O jogador já havia pronunciado admiração por Bolsonaro, inclusive aparecendo ao lado do presidente em fotos divulgadas no Instagram. 

A demissão de Maurício é a quarta mudança de postura do Minas Tênis Clube em menos de 48 horas. A retratação do jogador foi feita em seu perfil do Twitter, com cerca de 50 seguidores, enquanto seu Instagram tem mais de 275 mil seguidores. Apesar do Minas achar a retratação suficiente, as patrocinadoras Fiat e Gerdau discordaram. Era necessário Maurício se retratar no Instagram e deletar os posts em questão.


Portas fechadas para Maurício na Seleção Brasileira

Em entrevista ao jornal Extra, o técnico da seleção brasileira de vôlei, Renan dal Zotto, se posicionou de forma contundente às declarações homofóbicas de Maurício Souza. Na última terça-feira (26), o técnico foi surpreendido com a decisão de afastamento do jogador do clube mineiro e disse que iria se “inteirar sobre o assunto”.

Na última quarta-feira (27), o Extra entrou em contato novamente com o técnico da seleção.Por se tratar de um assunto extremamente relevante procurei me informar sobre o caso no detalhe para me manifestar. E fiquei decepcionado. É inadmissível este tipo de conduta do Maurício e eu sou radicalmente contra qualquer tipo de preconceito, homofobia, racismo. Em se tratando de seleção brasileira, não tem espaço para profissionais homofóbicos”, disse Renan.

“Acima de tudo preciso ter um time e não posso ter este tipo de polêmica no grupo. Não me refiro apenas ao elenco dos atletas. É geral, para todos os profissionais”, continuou o técnico. “[…] Eu lamento pela polêmica. Este é um assunto atual e que tem de ser falado. Não se pode admitir este tipo de episódio de novo”, finalizou Renan.

(Foto: Reprodução)

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista gaúcho formado na Universidade Franciscana (UFN) e Especialista em Estudos de Gênero pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

2 COMENTÁRIOS