A protagonista da série The Owl House, que chegou ao Brasil como “A Casa da Coruja”, é bissexual. A informação veio do canal Pink News.

- CURTA A PÁGINA DO FACEBOOK -

Nos últimos episódios exibidos ao público na TV americana, a protagonista Luz (Sarah-Nicole Robles) tem demonstrado cada vez mais interesse na personagem que anteriormente era sua inimiga, Amity (Mae Whitman).

A própria Disney não  se posicionou sobre a orientação sexual da personagem, mas a criadora da série, Dana Terrace,  praticamente confirmou no Twitter ao dizer que sempre quis colocar “crianças queer” no elenco principal.

“Quando recebi o sinal verde [para desenvolver a série], eu fui dita por um líder da Disney que eu não podia colocar nenhum relacionamento gay ou bi no canal” – disse no Twitter – “Eu sou bi! Quero escrever sobre um personagem bi, droga! Por sorte, minha teimosia funcionou e agora eu tenho muito apoio dos atuais líderes da Disney”.

O post no Twitter deixa bem evidente o desejo da criadora em fazer protagonistas não heteronormativos e também a bissexualidade da Luz, que já demonstrou interesse amoroso em homens anteriormente.

O criador da série Gravity Falls, Alex Hirsch, parabenizou o posicionamento de Dana, dizendo que a Disney é um ambiente propício para mostrar personagens queer, fazendo críticas aos líderes da “casa do Mickey” sobre a censura de personagens não heteronormativos.

“Quando eu fiz o Gravity Falls, a Disney me proibiu de fazer qualquer representação LGBTQ+. Aparentemente, o lugar ‘mais feliz do planeta’ significava ‘mais hétero’. Mas hoje, graças a Dana Terrace e quipe, há protagonistas queer explícitos dentro da Disney TV. Estou muito orgulho e feliz em dizer isso para #OwlHouse”

Apesar das políticas conservadoras da “casa do Mickey”, no ano passado ela introduziu o primeiro personagem abertamente gay na série Andi Mack´s. Já a Pixar, que é subsidiária da empresa, mostrou a primeira personagem lésbica em um filme de animação, o Onward, além de lançar também o primeiro curta-metragem inteiramente focado no tema, Out.

Ilustrador faz versão trans de personagens da Disney

Google Notícias
Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".