GAY BLOG BR by SCRUFF

A protagonista da série The Owl House, que chegou ao Brasil como “A Casa da Coruja”, é bissexual. A informação veio do canal Pink News.

Nos últimos episódios exibidos ao público na TV americana, a protagonista Luz (Sarah-Nicole Robles) tem demonstrado cada vez mais interesse na personagem que anteriormente era sua inimiga, Amity (Mae Whitman).

A própria Disney não  se posicionou sobre a orientação sexual da personagem, mas a criadora da série, Dana Terrace,  praticamente confirmou no Twitter ao dizer que sempre quis colocar “crianças queer” no elenco principal.

“Quando recebi o sinal verde [para desenvolver a série], eu fui dita por um líder da Disney que eu não podia colocar nenhum relacionamento gay ou bi no canal” – disse no Twitter – “Eu sou bi! Quero escrever sobre um personagem bi, droga! Por sorte, minha teimosia funcionou e agora eu tenho muito apoio dos atuais líderes da Disney”.

O post no Twitter deixa bem evidente o desejo da criadora em fazer protagonistas não heteronormativos e também a bissexualidade da Luz, que já demonstrou interesse amoroso em homens anteriormente.

O criador da série Gravity Falls, Alex Hirsch, parabenizou o posicionamento de Dana, dizendo que a Disney é um ambiente propício para mostrar personagens queer, fazendo críticas aos líderes da “casa do Mickey” sobre a censura de personagens não heteronormativos.

“Quando eu fiz o Gravity Falls, a Disney me proibiu de fazer qualquer representação LGBTQ+. Aparentemente, o lugar ‘mais feliz do planeta’ significava ‘mais hétero’. Mas hoje, graças a Dana Terrace e quipe, há protagonistas queer explícitos dentro da Disney TV. Estou muito orgulho e feliz em dizer isso para #OwlHouse”

Apesar das políticas conservadoras da “casa do Mickey”, no ano passado ela introduziu o primeiro personagem abertamente gay na série Andi Mack´s. Já a Pixar, que é subsidiária da empresa, mostrou a primeira personagem lésbica em um filme de animação, o Onward, além de lançar também o primeiro curta-metragem inteiramente focado no tema, Out.

Ilustrador faz versão trans de personagens da Disney

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".

1 COMENTÁRIO