GAY BLOG BR by SCRUFF

Desde que foi eleito para uma vaga no Congresso dos EUA, como deputado do Partido Republicano, George Santos tem enfrentado uma série de denúncias. Tudo começou quando a imprensa dos estadunidense descobriu que ele tinha mentido o seu currículo. Em reportagem, o Fantástico (TV Globo) já havia mostrado que Santos é investigado por estelionato, aqui no Brasil.

George Santos (Foto: Evelyn Hockstein/Reuters)

Na última semana, o passado do deputado como drag queen voltou a chamar a atenção dos eleitores. Em uma foto, que passou a circular na internet, a drag brasileira Eula Rochard aparece ao lado de outra drag, que ela diz ser Kitara Ravache, nome usado na época pelo hoje deputado americano George Santos, que é filho de brasileiros.

Após ver o rosto de Santos na televisão, Eula disse que se surpreendeu. “Eu estava deitado naquela cama, vendo Jornal Nacional, fiquei olhando, falei: ‘Gente, eu conheço esse cara’. Esse cara vinha na minha casa, eu me lembro dele. Eu nem conhecia ele por George Santos, né? Eu o conheci por Anthony e eu o chamava de Kitara Ravache”, contou Eula ao Fantástico, no último domingo (22).

Como político, Santos é conhecido por defender pautas conservadoras, como por exemplo, uma lei que proíbe discussões em sala de aula sobre orientação sexual. Além disso, ele apoiou o seu partido em denúncias contra shows de artistas drags, alegando que são prejudiciais para as crianças.

Em um vídeo inédito, Santos aparece com o mesmo vestido vermelho que ele usa nas fotos com a drag Eula, dançando em cima do trio elétrico, durante a Parada Gay de Niterói, em 2007. Após negar que seja ele nas imagens, no último sábado (21), o parlamentar mudou a versão em um vídeo publicado pelo site TMZ e disse que se montou uma vez, para se divertir em um festival.

George Santos como Kitara Ravache (Foto: Reprodução)

Cheque sem fundo

George Santos morou no Brasil em 2008, com a mãe e a irmã, em Niterói (RJ). Na época, ele foi acusado de fazer compras em uma loja de rua, usando cheques roubados. O caso de estelionato foi suspenso pela Justiça porque ele não foi localizado. No entanto, o Ministério Público pediu a reabertura do caso após a notícia de que ele foi eleito deputado nos EUA.

Bruno Simões, hoje empresário, na época trabalhava na loja e disse que Santos se apresentou como Délio. Na ocasião, ele fez uma compra no valor de R$ 2.144 e pagou com dois cheques sem fundos.

Já a dona de casa Adriana Damasceno diz que conheceu Santos em um bingo de Niterói, que ele e a mãe frequentavam. Após se conhecerem e se tornarem amigos, viajaram juntos para os EUA em 2011. De acordo com Adriana, ele usou o nome dela para fazer compras, sacou todo o dinheiro que ela tinha no banco e ainda empenhou joias.




Únete a nuestra comunidad de más de 15 millones de chicos

Encuentra exactamente los chicos que te gustan usando los filtros de búsqueda poderosos de SCRUFF. Hazte Embajador SCRUFF Venture para ayudar a los miembros que vienen de visita a tu ciudad. Busca una agenda actualizada de los mejores festivales, fiestas, orgullos y eventos gay. Aumenta tus posibilidades con SCRUFF Pro y desbloquea más de 30 funciones avanzadas. Baja la app SCRUFF aquí.