GAY BLOG BR by SCRUFF

A Assembleia Legistativa do Rio de Janeiro aprovou, na última terça-feira, 27 de abril, o Projeto de Lei Escola Sem Mordaça, de autoria dos deputados estaduais Carlos Minc (PSB) e André Ceciliano (PT).

O projeto garante a liberdade de expressão dos professores,  estudantes e funcionários no ambiente escolar. A medida ainda precisa ser sancionada pelo governador em exercício, Cláudio Castro, que terá até 15 dias úteis para sancioná-la ou vetá-la.

“É a antítese do ‘Escola Sem Partido’ bolsonarista que, na realidade, seria ‘Escola Sem Liberdade’ “ – disse Carlos Minc.

Minc comemorou a vitória no Instagram e explica que tanto as escolas quanto as universidades são lugares para troca de ideias e para aprofundar discussões.

“Nunca de seitas que proíbem discutir ditadura, LGBTfobia e racismo. Uma vitória de alegrar os nossos corações. Vitória da liberdade, dos movimentos sociais e daqueles que resistem contra o totalitarismo” – disse.

Lei que permite discussão sobre questões LGBTs nas escolas é aprovada no Rio de Janeiro
Reprodução

Já entre as tentativas de emendas rejeitadas estavam dos deputados Charlles Batista e Anderson Moraes (ambos do PSL). Ambos queriam que o Projeto de Lei proibisse os professores do Rio de Janeiro de manifestarem opiniões ou ideologias, religiosas e morais, além do uso de “técnicas de manipulação psicológica” e a proibição de conteúdos que entrassem em “conflito” com convicções religiosas e morais de estudantes ou de seus pais.

Segundo o PL, a lei garante o pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas nas escolas e isso é previsto pela Constituição Federal. O debate de temas como gênero e diversidade estão de acordo com o Plano Nacional de Educação (Lei 13.005/14).

No texto, eles afirmam que o direito das famílias de educar seus filhos segundo crenças e costumes deve conviver de modo harmonioso com a liberdade de ensino e o direito à educação.

“A ALERJ talvez seja a primeira assembleia do país a mostrar que educação não combina com perseguição, mas sim com respeito”, declarou Minc.

Com informações de Jornal O São Gonçalo.

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".