GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

O partido de Jair Bolsonaro, PL, acionou o Tribunal Superior Eleitoral após as manifestações da Pabllo Vittar em prol do ex-presidente Lula durante o festival Lollapalooza. O objetivo será investigar a realização irregular de uma propaganda eleitoral.

“Nossa intenção principal com a ação é que o TSE instrua os organizadores do evento para que eles também instruam os artistas a não se anteciparem nem positivamente nem negativamente antes do período oportuno”, explicou ao GLOBO a advogada Caroline Lacerda, do escritório de Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, que atua na campanha do presidente.

Durante o show realizado nessa sexta-feira, Pabllo fez o público dizer “Fora Bolsonaro” e levantou uma bandeira com o rosto de Lula. De acordo com o PL, a manifestação “fere inúmeros dispositivos legais”.

Partido de Bolsonaro aciona o TSE contra Lollapalooza após Pabllo Vittar se manifestar pró-Lula
Divulgação

“Eis porque a manifestação política em mais de um show, uma em absoluto desabono ao pré-candidato Jair Bolsonaro e outra em escancarada propaganda antecipada em favor de Luiz Inácio negativa e antecipada além de promoverem verdadeiro showmício, sendo indiferente se o evento foi custeado pelo candidato ou se o mesmo esteve presente no ato”, diz o documento.

Como o público do Lollapalooza foi de 100 mil pessoas, o partido de Bolsonaro argumenta que houve uma “reprodução inestimável das manifestações na internet”, fazendo com que a propaganda fosse levada ao conhecimento de “um número altíssimo de eleitores, com sérios prejuízos à legitimidade do pleito vindouro”. A legenda pede que o TSE acione “de imediato” a organização do evento, para que impeça a realização de qualquer outra propaganda eleitoral irregular sob pena de multa por descumprimento.

Vale dizer que no próximo domingo, o PL vai promover um megaevento para reunir apoiadores com Bolsonaro, em Brasília. Inicialmente, o convite era chamado de “lançamento da pré-candidatura” do presidente à reeleição, mas, com receio violar a lei eleitoral, a legenda passou a chamar de “ato de filiação”.




This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

Mais de 20 milhões de homens gays e bissexuais no mundo inteiro usam o aplicativo SCRUFF para fazer amizades e marcar encontros. Saiba quais são melhores festas, festivais eventos e paradas LGBTQIA+ na aba "Explorar" do app. Seja um embaixador do SCRUFF Venture e ajude com dicas os visitantes da sua cidade. E sim, desfrute de mais de 30 recursos extras com o SCRUFF Pro. Faça download gratuito do SCRUFF aqui.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia"