GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

Na última terça-feira (26), a “DJ” Pietra Bertolazzi usou sua conta no Instagram para fazer uma postagem LGBTfóbica. A blogueira autointitulada “antifeminista”, “antiglobalista” e “anticomunista” fez uma publicação questionando as escolhas do presidente eleito Joe Biden para cargos de confiança. Recentemente, Biden nomeou as trans Shawn Skelly Rachel Levine; os gays Carlos Elizondo, Jeff Marootian e Pete Buttigieg; e também anulou medida de Trump que impedia pessoas trans no exército.

A insinuação evidente do post é de que os convocados para os postos não o foram por sua capacidade técnica ou por suas qualificações profissionais, mas pelo fato de pertencerem à comunidade LGBT+.

“Biden, 4 dias de governo: nomeou uma trans para ser Secretária da Saúde, outra trans para o Depto de Defesa, um homem gay para Secretário do Transporte e derrubou a proibição de gêneros nas Forças Armadas. Ele precisa decidir se quer ser presidente dos EUA ou hostess da The Week”, diz a imagem postada em seu Instagram.

Reprodução

Como legenda para o print de seu tuíte, Pietra escreveu:

“Além disso tudo, Biden também ordenou que empresas sejam punidas caso não aceitem o vestuário ‘trans’ de seus funcionários. Ou seja, se você é dono de um escritório de advocacia, por exemplo, e um funcionário aparecer vestido de drag queen para defender um cliente em uma audiência, você se quer poderá chamar a atenção desse funcionário (muito menos demiti-lo, claro). Depois de os Chineses terem assumido descaradamente a perseguição aos cristãos em 2020, Biden já ditou a tendência para 2021: a heterofobia. Se você é cristão e hétero, se prepare porque logo mais você será a minoria reprimida pela fúria daqueles que se vitimizaram nos últimos anos em prol da agenda diabólica e raivosa por trás do progressismo”.

Para completar a atitude lamentável, a militante da extrema-direita ainda se vangloriou da sua própria ignorância no que tange à temática LGBTQIA+: “Ps.: gente comentando que eu não sei a diferença entre um trans e uma drag. Realmente essa é a minha última preocupação agora”.

Não é a primeira vez que Pietra faz um postagem de cunho preconceituoso. No começo do ano, por exemplo, a influenciadora publicou a foto de uma campanha da Nike – de uma mulher negra expondo pelos nas axilas – e escreveu na legenda que o objetivo da ação publicitária “para agradar a uma micro minoria que por qualquer distúrbio acha agradável ao olhar ver mulheres com pêlos (sic) nas axilas” e gerar “engajamento nas redes sociais e notícias na mídia idiocrata”. Para ela, o que “a esquerda lacradora quer impor à população está longe de ser o reflexo do que é agradável aos nossos olhos”.

O tema gerou reação de desaprovação nos comentários das publicações no Twitter e no Instagram, seguida de diversas denúncias contra o perfil da militante.

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Catarinense, 25 anos e professor de Literatura e Língua Inglesa. Homem gay, apaixonado por música e que respira futebol e cultura latino-americana.