GAY BLOG BR by SCRUFF

This article is also available in: English Español

O empresário Marcos Goiano, 29, fez o caminho inverso do “book azul”: começou a carreira como garoto de programa e hoje atua como modelo profissional no mundo da moda. Com 1,78m de altura e 75 kg, o tocantinense de Cristalândia (o sobrenome artístico “Goiano” é apenas uma referência à época em que morou no estado) atualmente é representado pela agência Just Models Brasil e acaba de estrelar a sua primeira campanha fashion para uma camisaria.

As fotos já estão sendo veiculadas em um dos maiores e-commerces do país, no site da Dafiti:

Marcos Goiano veste camisa estampada com desenhos de bananas - Reprodução
Marcos Goiano veste camisa estampada com desenhos de bananas – Reprodução

Em entrevista exclusiva ao GAY BLOG BR, o modelo, empresário e produtor de conteúdo conta o motivo pelo qual deixou de ser garoto de programa e como foi que ingressou na nova profissão.

Como surgiu o convite para ser modelo profissional? A agência que te contratou já conhecia seus trabalhos para maiores de 18 anos?

A agência entrou em contato comigo através daqueles “olheiros” que ficam procurando pessoas em redes sociais. Se ele sabia quem eu era, até hoje não sei a resposta. Porém, a pessoa que me entrevistou era um hétero e não sabia quem eu era. Aí eu dei a minha “carteirada” e falei para ele pesquisar no Google sobre mim. No dia seguinte, ele disse: “Eu fiz o que você pediu e perguntei para todos os funcionários gays da agência se eles sabiam quem era Marcos Goiano. E todos deram um grito e ficaram eufóricos. Então eu realmente descobri que você era famoso”. Aí fui aprovado.

E o primeiro trabalho foi este para a Phi Phi Camisaria, que está no site da Dafiti?

Sim, esse foi o primeiro trabalho. Fiz a entrevista em um dia e na semana seguinte já fiz essas fotos. Só após esse trabalho, na outra semana, eu fiz as fotos para o meu book de modelo para a agência. A partir de agora que eu vou ser mostrado para os demais anunciantes para que eu possa pegar novos trabalhos.

E tudo isso aconteceu nessas últimas três semanas?

Não, foi em janeiro. Devido à pandemia, tudo fechou em São Paulo. Acabei vindo fazer isolamento social aqui em Tocantins. Já estou faz mais de um mês aqui. Não ia adiantar eu ficar aí de cara pra cima, sem fazer nada. Então, volto para São Paulo em 12 de maio, porque eu vi na televisão que nesta semana o estado entra na “fase laranja”. Aí vou retomar as gravações do OnlyFans e vou avisar a agência que estou em São Paulo disponível para fazer casting.

O cachê de modelo supera o valor de outros trabalhos que você faz?

O booker disse que os cachês de modelo variam de acordo com a empresa que está contratando. Ele disse que há cachês básicos, de 500 reais, podendo chegar até 5 mil, 10 mil reais. Eu ainda não tive contato com essas grandes contratações, até porque eu acabei de chegar na agência. E a agência, para mim, até então, estou achando bacana. Lógico que o que eu ganho com o meu OnlyFans e com todos os sites pornôs onde tenho os meus vídeos, supera 20 mil por mês. 

Então, no momento, não penso em abandonar a profissão de ator, de gravar os conteúdos adultos, para me jogar numa carreira de modelo nesta altura do campeonato, sendo que eu já não tenho mais 18 aninhos. Mas se mais pra frente eu perceber que é uma coisa muito produtiva, que pode ser bacana para mim, posso mudar essa chave, até porque eu estou chegando numa terceira idade, né? (risos) Já estou numa hora de começar a ter outras visões e outros campos a explorar, por isso eu fiz investimento em imóveis já visando em uma aposentadoria, para eu não ficar tendo que fazer esse trabalho [voltado para o entretenimento adulto] até muito tarde. Porque eu já me aposentei da carreira de garoto de programa, né? Não sou mais “boy de programa”. Estou apenas gravando vídeos. Como é muito lucrativo, então eu mantenho as gravações.

Quando parou a vida de garoto de programa? Teve algum fato específico que fez desistir da carreira?

Quando eu voltei dos Estados Unidos, em dezembro de 2019. Eu vim com uma boa grana. Fiz alguns investimentos. Eu já tinha também algumas coisas no meu nome, eu complementei, comprei mais imóveis. E, então, eu comecei a ficar mais desgostoso com a profissão no Brasil. Comecei a focar no meu OnlyFans e percebi que eu estava perdendo dinheiro há muito tempo. Ainda que o faturamento que eu tenho hoje, com lucro de vídeos, se deve muito à fama que consegui com os meus bons meses de garoto de programa. Quando eu trabalhava fazendo programa, o mês bom eu tirava 20 mil reais. Hoje eu tiro isso tranquilamente soltando 2 vídeos por semana nos meus canais. De um a dois vídeos apenas. Então, digamos que eu preciso ter 1 (um) sexo por semana para ter o faturamento que anteriormente eu tinha que transar com centenas de pessoas. [Silêncio] Eu fiz o cálculo aqui na minha calculadora, eu tinha que transar com 66 pessoas. E hoje eu preciso transar apenas com 4 pessoas. Essa é a diferença de ser um “produtor de conteúdo adulto” em destaque no OnlyFans.

Então, esse foi um dos motivos. Ter que transar com muitas pessoas, com pessoas que eu não estava mais afim. E eu já tinha 10 anos de carreira de garoto de programa, já estava bem saturado. Já não era mais o que eu queria para a minha vida.

Então está aposentado oficialmente dos programas?

Claro que eu retornando para a Europa, Estados Unidos, Canadá, Cingapura, Austrália, é óbvio que eu vou fazer trabalhos de garoto de programa. Isso é óbvio. Um programa que faço nos EUA é 300 dólares, o equivalente a 1700 reais. Tinha cliente que me pagava 10 mil dólares em um dia em Nova Iorque, isso dá 56 mil reais em um dia… eu não vou deixar de trabalhar caso eu saia do Brasil novamente. Então, atualmente, eu não quero fazer esse trabalho no Brasil. 

E sua vida pessoal, se sente realizado em todos os aspectos? Está namorando ou conhecendo alguém?

Quando eu parei a vida de garoto de programa eu me permiti a conhecer alguém. Então, no começo do ano, eu estava namorando um garoto… A gente estava namorando até semana passada, inclusive. Tivemos uma briga, uma discussão boba, porém uma briga bem feia por telefone… Então, estamos terminados. Aí vamos conversar pessoalmente quando eu for para São Paulo. Digamos, então, que no exato momento estou solteiro. Mas com possibilidades de reconciliação. Talvez. Ou não. Mas se não voltarmos, a fila anda. Para mim, homem nunca foi problema, né? 

Para acompanhar o modelo:

Instagram: @marcosgoiano_real
Twitter [18+]: @marcosgoianoxxx
OnlyFans: @marcosgoiano

Para comprar as Camisas da PhiPhi Camisaria que Marcos Goiano usou na campanha:

Marcos Goiano veste Phiphi Camisaria - Reprodução/Dafiti
Marcos Goiano veste Phiphi Camisaria – Reprodução/Dafiti
Marcos Goiano veste Phiphi Camisaria - Reprodução/Dafiti
Marcos Goiano veste Phiphi Camisaria – Reprodução/Dafiti
Marcos Goiano veste Phiphi Camisaria - Reprodução/Dafiti
Marcos Goiano veste Phiphi Camisaria – Reprodução/Dafiti
Marcos Goiano veste camisa estampada com desenhos de bananas - Reprodução
Marcos Goiano veste camisa estampada com desenhos de bananas – Reprodução

This article is also available in: English Español

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF (Google Play ou App Store) está disponibilizando gratuitamente a versão PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.