Escolha do público na categoria “The Bosh” (Deboche) por seu discurso “A galera tá pedindo Anitta Demais”, a apresentadora Titi Müller levou o troféu POC AWARDS 2019 para a casa ~merecidamente~. Pelo deboche, a apresentadora conquistou 59% dos votos, superando a Família Passos, que levou 6% para a marchinha de carnaval “Sai do Armário, Crivella”, e a Netflix, com 35%, que respondeu a homofóbicos no Twitter.

Titi Müller, vencedora do Poc Awards 2019
Titi Müller, vencedora do Poc Awards 2019

O deboche de Müller foi quando entrou ao vivo no canal Multishow durante a apresentação do Rock in Rio na noite de sábado, 5 de outubro de 2019, um pouco antes da Anitta subir ao palco e disse: “A galera tá pedindo Anitta demais…” e aí direcionou o microfone ao público, que gritava a frase “Ei, Bolsonaro, vai tomar no cool.”

Para baixar: toque para celular ‘A galera tá pedindo Anitta demais’

Em nome da causa LGBT+

No dia 21 de setembro de 2019, Titi Müller se casou com o músico Tomás Bertoni, da banda Scalene. Em vez de criar uma lista de presentes, o casal decidiu criar uma “vaquinha” online para que os convidados pudessem fazer doações à Casa 1, instituição de acolhe pessoas LGBT+ em São Paulo. Titi havia colocado como meta arrecadar R$ 10 mil e recebeu R$ 20 mil, o dobro do esperado.

Foto: Reprodução

Carreira

Titi Müller estreou como apresentadora em 2008, no portal da MTV Brasil, apresentando o web-show Podsex. Pela boa recepção do público, a emissora decidiu transferir o programa da internet para a televisão e tornou-o programação da emissora, estreando em 20 de fevereiro de 2009 o Podsex ao lado de Kika Martinez, que ia ao ar semanalmente as sextas-feiras respondendo dúvidas sobre sexo e debatendo temas tidos como tabu.

Entre 2009 e 2010, Titi se tornou repórter do especial de verão Verão MTV e do programa Viva! MTV, apresentado por Marina Person. Em 2010, estreou a frente da reformulação do Acesso MTV junto com MariMoon, no qual permaneceu por quatro temporadas apresentando as notícias sobre música, entrevistando artistas e recebendo em tempo real mensagens do público através do Twitter.

Foto: Reprodução

Paralelamente, Müller também apresentou entre 2012 e 2013 o “MTV Sem Vergonha” ao lado de Didi Effe, onde recebiam convidados para conversar sobre a vida sexual, além de aplicarem jogos sobre sexo em um cenário temático que incluía um pole dance, uma cama em formato de língua e um lustre de vibradores.

Foto: Reprodução

Nessa mesma época, Titi também fez parte da bancada de entrevistadores do programa Jovem Pan Morning Show, na rádio Jovem Pan FM. Entre 16 e 27 julho de 2012 apresentou o Furo MTV durante duas semanas enquanto Dani Calabresa e Bento Ribeiro viajavam para o Reino Unido para se prepararem para apresentar a cobertura de Olimpíadas.

Em dezembro de 2012, foi anunciado que o Acesso MTV passaria por uma reformulação no próximo ano, levando a demissão de MariMoon junto com diversos outros apresentadores devido a crise financeira que se abatia na MTV Brasil e ao afastamento de Titi, que passou a dedicar-se apenas ao MTV Sem Vergonha, sendo as duas substituídas por Juliano Enrico na nova temporada em 2013.

Em maio do mesmo, no entanto, Titi voltou ao Acesso MTV devido ao protesto do público nas redes sociais. Em 13 de junho o programa chegou ao fim e Titi recebe a notíciou no último intervalo de que havia sido demitida, retornando ao último bloco chorando para se despedir dos espectadores. Logo após, Titi foi contratada pelo Multishow parar cobrir a transmissão ao vivo do show de Anitta e do Rock in Rio.

Foto: Reprodução

Confira todos os ganhadores do Poc Awards 2019 neste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".